São Tomé, 14 fev (Lusa) – Trinta e nove filmes vão estar em competição internacional na terceira edição do São Tomé FestFilm, a decorrer na cidade de S. Tomé, S. Tomé e Príncipe, de quarta-feira a domingo, foi hoje anunciado.

Do total de filmes em competição, distribuídos por 11 sessões de exibição, 15 são curtas-metragens, há duas longas-metragens, sete documentários e 15 filmes de animação, segundo a organização.

No total foram submetidos 810 filmes de 54 países, acrescenta um comunicado da organização.

O júri desta edição do festival é composto pela professora universitária de cinema Anabela Dinis Branco de Oliveira, pelo músico, produtor executivo e diretor técnico Hugo Gamelas, pelo músico, ator e produtor cultural Paulo Brites, pelo realizador Bruno Carnide, pelo realizador, professor e fotógrafo Luís Oliveira Santos, pelo músico e realizador Joaquim Pavão, pelo realizador e professor Paulo d’Alva – todos portugueses – e pelo cineasta e professor universitário brasileiro Umbelino Brasil.

Fazem ainda parte do júri os realizadores santomenses Nilton Medeiros e Afonso Januário.

O certame realiza-se no Centro Cultural Português, na cidade de S. Tomé, estando a abertura marcada para as 15:00 de quarta-feira com a exibição do filme “Manuel”, de Bruno Carnide, vencedor da Competição Nacional da II edição do festival, e da curta-metragem “A pedra”, de Ana Lúcia Carvalho, que conta com a participação do ator santomense Ângelo Torres, que está na competição internacional da edição deste ano do certame.

A encerrar o primeiro dia serão exibidos dois documentários produzidos pela Cinemateca Portuguesa em São Tomé, quando o arquipélago se encontrava ainda sob administração portuguesa.

As duas exibições inserem-se no tema “Memórias de S. Tomé”, que a edição deste ano do festival desenvolve.

O público infantil é um dos públicos-alvo do certame, com sessões especiais agendadas e direcionadas para o público mais jovem.

Uma palestra em colaboração com a Aliança Francesa, na qual serão abordados o processo evolutivo do cinema francês e o contexto do cinema em S. Tomé e Príncipe, também faz parte do programa.

A sessão de encerramento está marcada para as 16:00 de domingo, altura em que serão divulgados os vencedores.

O festival conta com apoio da Aliança Francesa, do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e da Câmara de Estarreja.

A festa do Cinema em São Tomé é uma iniciativa da ASSECOM-CA – Associação Santomense de Entretenimento e Comunicação Multimédia, Cultural e Artístico.

O certame é coproduzido pelo Cine-Clube de Avanca, organizador do Festival Internacional de Cinema de Avanca, desde 1997.

CP // MAG – Lusa/fimfest film
close
Subscreva as nossas informações
Partilhar