Rosa Cruz e Silva falava na abertura do V Encontro de Escritores e Língua Portuguesa, que decorre na capital angolana, organizada pela Comissão Administrativa de Luanda e pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA).

“Há um trabalho ainda árduo por desenvolver para que haja essa possibilidade de acesso a essas obras, às vezes, até magistrais, sobre o quotidiano das nossas vidas”, frisou Rosa Cruz e Silva.

A ministra realçou ainda que é desejo de Angola receber em outras ocasiões encontros deste género, com vários escritores lusófonos presentes em Luanda, para assegurar o intercâmbio cultural e o reforço das relações históricas, de aliança, amizade e solidariedade entre os diferentes países.

“A língua portuguesa se enriquecerá neste contacto permanente e profundo com as línguas nacionais dos países que aqui se representam”, acrescentou.

Para o secretário-geral da UCCLA, Vítor Ramalho, a língua portuguesa é um instrumento determinante para a relação de natureza económica, cultural e até social.

“É por essa razão que a língua portuguesa está a crescer e é hoje seguramente a quinta língua mais falada do mundo e a terceira língua mais falada do ocidente”, disse Vítor Ramalho.

Por sua vez, o presidente da Comissão Administrativa de Luanda, José Tavares Ferreira, realçou a importância do encontro, o primeiro que se realiza fora do Brasil, no intercâmbio de culturas, com a vantagem de ser feito na mesma língua.

José Tavares Ferreira anunciou, na ocasião, a retoma do prémio literário Cidade de Luanda.

O V Encontro de Escritores de Língua Portuguesa decorre até sexta-feira e conta com a participação de 17 escritores, de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Macau.

José Carlos Vasconcelos e José Fanha representam Portugal, estando o evento dividido em três paneis, abordando as “Dinâmicas, Transformações e Ambiente Social”, “As Migrações e as Cidades” e “A Infância nas Cidades”.

NME// APN – Lusa/Fim

Foto: A Ministra da Cultura Angola, Rosa Cruz e Silva 12/06/2009. ALADINO JASSE/LUSA

Artigo relacionado:


Partilhar