A app, que está disponível de forma gratuita na plataforma Android, foi pensada para ser usada por crianças acompanhadas por adultos responsáveis pela terapia. Inclui jogos, que podem ser configurados pelos terapeutas e pais, que “seguem a lógica das sequências e, portanto, exploram as dificuldades que estas crianças têm ao formulá-las, ao mesmo tempo que permite explorar outras áreas, como a matemática”, lê-se na Google Play. A aplicação está disponível em quatro idiomas: português, castelhano, fracês e inglês.

O projecto Enforcing Kids surgiu há cerca de um ano pelas mãos de Cátia Raminhos e Jorge Santos, alunos da Universidade de Lisboa dos mestrados de Engenharia Informática e de Metodologias e Tecnologias em E-Learning. Trata-se de uma plataforma que tem como objectivo partilhar dúvidas, esclarecimentos, opiniões e experiências sobre o autismo. Neste momento, tem adesão em mais de 50 países em todo o mundo. Este projecto é apoiado pelo Departamento de Investigação LaSIGE da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Descrição

Aplicação para crianças com autismo.

Os jogos, que podem ser configurados pelos terapeutas e pais, seguem a lógica das sequências e, portanto, exploram as dificuldades que estas crianças têm ao formulá-las, ao mesmo tempo que permite explorar outras áreas, como a matemática.

Para desenvolvimento das competências sociais, existem modos multijogador: equipa e confronto.

Lembre-se: Configure as suas atividades primeiro (use o site abaixo para os QRCodes) usando a password presente no manual de utilizador. Depois, inicie o jogo, usando o QRCode da atividade desejada.

Veja o livro da atividade integrada: https://drive.google.com/file/d/0B3X4TS0rINHzSTQxekJLSzJFd2s/view?usp=sharing

Aceda ao manual do utilizador aqui: https://drive.google.com/file/d/0B3X4TS0rINHzd3huUDRKYzQtR2c/view?usp=sharing

Exemplo de site para gerar QRCodes: http://goqr.me/ (escolher tipo “Texto”)

Ficha Técnica: Cátia Raminhos, Jorge Santos, Maria Filomena Martins, Joana Grande e Manuela Castelhano

O desenvolvimento desta aplicação iniciou-se no âmbito da disciplina de Computação Móvel, inserida nos mestrados frequentados pelos seus autores na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, com o apoio pedagógico dos docentes Luís Carriço e Tiago Guerreiro.
Um agradecimento especial ao Professor Carlos Duarte.

Partilhar