3 March 2021

Viagem Literária passa por Coimbra com Richard Zimler e Luís Sepúlveda

Coimbra, 03 jun (Lusa) – O Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em Coimbra, é o próximo ponto de paragem da Viagem Literária, com uma conversa entre o escritor chileno Luis Sepúlveda e o romancista norte-americano, naturalizado português, Richard Zimler, a 10 de junho.

Neste encontro, as obras recém-lançadas dos dois escritores serão o tema em destaque, havendo também espaço para se falar dos “percursos artísticos e biográficos” de cada um e de “questões de atualidade”, refere, em nota de imprensa, a Porto Editora, que organiza a iniciativa.

A conversa em Coimbra será moderada pelo jornalista João Paulo Sacadura, cumprindo-se, no TAGV, a 15.ª etapa da Viagem Literária.

Richard Zimler e o pintor Júlio Pomar lançaram recentemente “O Cão que Comia a Chuva”, um livro infantil “comovente, mas cheio de humor”, que aborda o ‘bullying’, sublinha a Porto Editora.

Desde 1996, Zimler, autor de “O último cabalista de Lisboa” e “Os anagrama de Varsóvia”, publicou dez romances, uma coletânea de contos e dois livros para crianças.

Luís Sepúlveda lança, a 11 de junho, o seu mais recente livro, “História de um cão chamado Leal”, editado pela Porto Editora, que aborda uma história que lhe foi “transmitida em criança pelo tio avô, que pertencia ao povo indígena Mapuche, do Sul do Chile.

O escritor chileno, a viver em Espanha, recebe a 01 de julho, na Guarda, o Prémio Eduardo Lourenço.

“O velho que lia romances de amor”, “Encontros de amor num país em guerra” ou “A sombra do que fomos” são algumas das obras de Sepúlveda, que deu início à Viagem Literária, em Bragança, a 25 de Abril de 2015, numa conversa com Valter Hugo Mãe.

O autor chileno também vai estar no Porto, a 08 de junho, na Casa da Música, e na Feira do Livro de Lisboa, a 11 e 12 de junho.

A conversa entre Zimler e Sepúlveda, em Coimbra, está marcada para as 17:00 da próxima sexta-feira, havendo tempo, durante os 90 minutos previstos da sessão, para questões do público e, no final, para uma sessão de autógrafos.

A Viagem Literária, que tem como objetivo levar escritores ao encontro dos leitores, fora dos grandes centros, já percorreu várias cidades do país, como Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Faro, Funchal, Ponta Delgada, Setúbal, Santarém e Leiria.

A ronda nacional da iniciativa dinamizada pela Porto Editora termina em setembro, em Viana do Castelo.

JYGA // MAG – Lusa/FimViagem literaria

 

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES