8 March 2021
O edifício que vai acolher a representação permanente da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em Timor-Leste está quase pronto e, segundo o chefe da diplomacia timorense, é "extremamente importante" para o desenvolvimento da organização.

Representação permanente em Timor-Leste

O terreno para a construção da primeira representação permanente da CPLP foi cedido pelo Governo timorense em fevereiro de 2013, durante uma visita oficial do secretário-executivo da organização, o embaixador Murade Murargy, a Timor-Leste, tendo começado a ser construída alguns meses depois.

Situado na Avenida de Portugal, Praia dos Coqueiros, a representação permanente da CPLP vai ser vizinha da embaixada da China e ficar próxima do novo edifício do Ministério das Finanças.

“Esta sede vai ser extremamente importante para o desenvolvimento da CPLP. É um espaço pequeno, mas tem um valor simbólico. É a primeira vez que a CPLP inaugura uma representação fora de Lisboa e Timor-Leste vai dar o seu apoio para que seja um meio para o estreitamento de relações”, afirmou à agência Lusa o chefe da diplomacia timorense.

José Luís Guterres afirmou também acreditar que a sede da CPLP em Timor-Leste vai ficar concluída a tempo da cimeira de chefes de Estado e de Governo, que se realiza a 23 de julho em Díli, quando o país assume pela primeira vez a presidência da organização.

“Vai ser também um espaço para a divulgação da língua e cultura dos nossos países, mas que seja também um espaço para que empresários possam utilizar para expandir os negócios nos nossos países e região”, disse o ministro timorense.

Fonte da empresa responsável pela construção do edifício disse à Lusa que a obra vai ficar concluída ainda durante este mês.

MSE // VM – Lusa/Fim


Fotos:

– O Presidente de Timor-Leste, Taur Matan Ruak (D), cumprimenta o secretário executivo da CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Murade Murargy (E), durante a cerimónia de assinatura do acordo de concessão do terreno para a construção da representação da CPLP em Díli, Timor-Leste, 18 de fevereiro de 2013. ANTONIO AMARAL / LUSA

– O secretário de Estado das Terras e Propriedades de Timor-Leste, Jaime Xavier (D) e o secretário executivo da CPLP – Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Murade Murargy (C-D), durante a assinatura do acordo de concessão do terreno para a construção da representação da CPLP na capital timorense, acompanhados pelo ministro dos Negócios Estrageiros de Timor-Leste, José Luís Guterres (E), e pelo Ministro da Justiça de Timor-Leste e secretário executivo da CPLP, Dionísio Babo (C-E), em Díli, Timor-Leste, 18 de fevereiro de 2013. ANTONIO AMARAL / LUSA

Também poderá gostar

Sem comentários