Daniel Gouveia referiu existir distanciamento geográfico e cultural entre os portugueses, brasileiros, africanos e timorenses, pelo que tentam refletir esta diversidade no tipo de música transmitida.

Lançada a 01 de dezembro, revelou Daniel Gouveia, a Rádio Portugal FM (http://www.radioportugalfm.com) transmite de segunda a sexta-feira entre as 09:30 e as 03:00 horas.

Instalada em Portadown, 50 quilómetros a sudoeste de Belfast, a rádio tem como próximo objetivo obter uma frequência para chegar a outras localidades com muitos portugueses, como Cookstown, Dungannon, Craigavon e Lisburn.

“Já temos alguma publicidade de comércio português, mas queremos também anunciantes locais”, afirmou à agência Lusa.

Para tentar alargar a audiência, pretendem transmitir alguns concertos em direto de grupos norte-irlandeses e ter alguns programas em inglês a partir do início de 2013.

Daniel Gouveia, que foi candidato (derrotado) nas eleições locais de 2011 e tem um gabinete de assistência à comunidade portuguesa, diz continuarem a chegar muitos compatriotas.

Embora alguns consigam empregos, em fábricas de processamento de carnes ou outros trabalhos menos qualificados, muitos vivem de apoios sociais, referiu.

“Quase todas as semanas tenho clientes a pedir informações para amigos ou familiares com dificuldades em Portugal”, contou.

Graças às ajudas sociais, ali “conseguem sobreviver”, mesmo continuando no desemprego, garante Daniel Gouveia.

Segundo as próprias estimativas, o número de portugueses na Irlanda do Norte deverão rondar as quatro mil pessoas, o dobro do número de 2004.

 

BM // PMC

Lusa/Fim

Foto: LUSA – Um Rádio antigo em exposição, 09 de abril de 2012. PAULO NOVAIS / LUSA

Partilhar