“Realçar a importância das relações intelectuais entre galegos e portugueses no arranque do século XX e homenagear dois escritores marcantes de Portugal e de Espanha, Teixeira de Pascoaes e Vicente Risco, é o objetivo do Prémio de Jornalismo Literário Luso-Galego”, lê-se num comunicado da organização.

Segundo a fonte, estão associadas à instituição do prémio as universidades do Porto, do Minho, de Trás-os-Montes e Alto Douro [em Portugal], de Santiago de Compostela, da Corunha e de Vigo [na Galiza].

A Secretaria Geral de Política Linguística da Junta da Galiza (o governo da comunidade autónoma), a Deputação Provincial de Ourense (o governo da província), a Fundação Vicente Risco e a Câmara Municipal de Amarante também se associaram ao prémio.

A organização salienta que “este prémio pretende homenagear dois distintos intelectuais representantes do saudosismo português e do nacionalismo galego da ‘Época Nós’, mas também a todos aqueles que trabalharam em prol do encontro e aproximação das energias criadoras da Galiza e Portugal”.

Podem concorrer a este concurso, lê-se ainda no comunicado, “todas as pessoas que costumam praticar jornalismo literário para a imprensa, em língua portuguesa ou galega”.

O vencedor do prémio será conhecido a cada sábado imediatamente anterior a 14 de dezembro, data da morte de Teixeira de Pascoaes, escritor natural de Amarante. Ler o artigo completo.

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar