Até à próxima semana (abril de 2013), os grafiters irão pintar os cinco primeiros cantos da obra-prima de Luís Vaz de Camões.Os artistas responsáveis pelo graffiti são os ARM Collective, compostos por: MAR – um dos dois street artists nacionais mais reconhecidos, que trabalha um imaginário pop-surrealista, ligado aos super-herois, à animação, à mitologia, interessando facilmente tanto crianças, quanto adultos; RAM, outro dos mais conceituados street artists nacionais, que desenvolve um discurso abstrato-atmosférico , onde se encontram de qualquer modo, inúmeras referências a um meio aquoso e floral.

Esta iniciativa insere-se nos 20 anos da VISÃO, a newsmagazine mais vendida em Portugal. A partir de 11 de abril, e durante 10 edições (10 cantos), a VISÃO vai lançar uma nova edição de “Os Lusíadas”. Cada livro terá um conto sobre o canto, escrito por José Luís Peixoto. A própria capa de cada um dos livros será desenvolvida pelos dois grafitters (grafiters (RAM e MAR – ARM collective), reproduzindo cada um dos cantos que compõe o mural.

Na altura em que celebra 20 anos, a Visão vai traçar o novo retrato dos portugueses: um povo cada vez mais espalhado pelos quatro cantos do mundo, tentando encontrar, no exterior, a solução para as suas vidas e para o País, e, ao mesmo tempo, disseminando o português como língua universal. É dentro desse espírito que ganha maior significado a edição, em livros, de “Os Lusíadas”, a obra que glorifica a diáspora portuguesa, que elogia a capacidade dos portugueses para enfrentar os “mares nunca dantes navegados” e “darem mais mundos ao mundo”. Ler o artigo completo.

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar