A proposta do ministério português para o alargamento das Olimpíadas da Matemática da CPLP a outras áreas de ensino foi hoje aprovada, em Maputo, durante a VIII reunião ministerial da Educação da comunidade lusófona.

“Estamos especialmente satisfeito pelos países terem acolhido uma proposta nossa no sentido das olimpíadas da CPLP serem alargadas a várias áreas. Todos os ministros ficaram sensíveis à ideia de alargar este tipo de eventos, nomeadamente à Língua Portuguesa”, disse o ministro português, no final do encontro ministerial.

Nuno Crato realçou a “importância destes eventos para que os jovens” da CPLP possam partilhar “experiências e interesses” em disciplinas importantes, como a Matemática e o Português.

“Há um empenho reforçado dos ministros dos nossos países para estarem presentes e apoiarem estes eventos”, considerou Nuno Crato, dando conta de um convite feito pelo ministro da Educação angolano, Pinda Simão, aos seus homólogos para assistirem à final da 4.º edição das Olimpíadas da Matemática da CPLP, que Angola acolhe em junho.

“O ministro Pinda Simão convidou os senhores ministros [da Educação da CPLP] a estarem presentes na final destas olimpíadas, o que nós tencionamos fazer”, disse Nuno Crato.

São Estados-membros da CPLP Moçambique, Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

EMYP // PJA – Lusa/fim


Fotos:

– Nuno Crato, (2D) Ministro da Educação e Ciência cumprimenta os medalhas de ouro, Pedro Pereira (E), Miguel Martins Santos (C) Miguel Costa (D) na cerimónia de encerramento e entrega de prémios das 30.ª Olimpíadas Portuguesas de Matemática 25 março 2012, em Leiria. As Olimpíadas Portuguesas de Matemática são organizadas pela Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) e pelo Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.PAULO CUNHA/LUSA.

– Amílcar Branquinho, fundador da Escola Delfos na Universidade de Coimbra, que ensina matemática a alunos do secundário e prepara a seleção portuguesa às olimpíadas internacionais e ibero-americanas, durante uma aula na Universidade de Coimbra, 7 de julho de 2011. PAULO NOVAIS/LUSA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar