12.º aniversário do Dicionário Priberam

Desde o início deste ano, já foram feitas mais de 78 milhões de pesquisas no Dicionário Priberam, o que representa um crescimento de cerca de 30% relativamente ao mesmo período de 2020.
A palavra mais pesquisada até agora? “Postigo”.

Lisboa, 6 de abril de 2021 – Não há que ter pejo em dizê-lo: o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa está um ano mais velho e um pouco mais anafadinho: no passado dia 1 de abril, comemorou mais um aniversário.

No primeiro dia de abril, o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa comemorou 12 anos de vida (não é peta, o aniversário do dicionário online da Priberam é mesmo no dia das mentiras), discretamente e sem grandes celebrações, por respeito às medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da covid-19.

Quanto ao facto de o Dicionário Priberam estar mais anafado, a culpa não é do confinamento, mas dos mais de 2200 novos verbetes que passou a registar em 2020 – e, só no primeiro trimestre deste ano, foram já adicionados 592 verbetes.

Muitas das inclusões recentes refletem novos termos associados à covid-19 ou à área da medicina em geral (como aeromédicoantiescarasaquarentenarautotesteborderlineimunotoleranteoncogenicidadeporta-máscarasalva-orelhasuranálise ou virtópsia), gentílicos (como avisensebaleáricocratensediliensemonfortensenisenseouriquensepinhelenserio-tintensesabugalense ou velense) ou termos de outras áreas (como antifraudebraquiaçãocoluvialdeotropismoencorricadogamerheterocaracterizaçãoindo-pacíficojurubitaluso-senegalêsmisofilianarcossubmarinopárodoressemantizaçãosinequismotrapudouadoverrumante ou xamânico), para mencionar apenas algumas das quase 600 novas entradas deste ano.

No que diz respeito a buscas, no primeiro trimestre de 2021, o Dicionário Priberam foi consultado por mais de 14 milhões de utilizadores, os quais fizeram mais de 78 milhões de pesquisas, o que representa um crescimento de cerca de 30% relativamente ao mesmo período do ano passado.

A palavra mais pesquisada durante este período foi postigo, por razões relacionadas com as regras para o comércio durante o confinamento.

Para os mais curiosos, é possível ter uma ideia sobre o que aconteceu em mais um ano de vida do Dicionário Priberam através do balanço do ano passado ou do site O Ano em Palavras.

Mais informações em https://oanoempalavras.pt/ e https://dicionario.priberam.org

Partilhar