O Festival é uma realização da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho.Entre os objetivos do Festival estão a  integração do mercado cinematográfico dos países de língua portuguesa, promover os filmes realizados em português e dialetos falados nas nações africanas que formam a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa-CPLP, bem como reunir personalidades ligadas ao audiovisual desses países, estimulando o intercâmbio cultural, promovendo encontros, seminários, painéis, debates, conferências, mostras, lançamentos de publicações, DVDs, filmes e vídeos.Integrarão o Festival mostras competitivas de longa e curta metragens em diversas categorias, mostra homenagens a personalidades do cinema do Brasil, Portugal e África e mostra infantil. O Festival irá conceder cinco tipos de troféus: Andorinha Longa Metragem, Andorinha Curta Metragem, Andorinha Técnica, Andorinha Criança e Humberto Mauro. O Festival promoverá também o Prêmio Energisa Estímulo ao Audiovisual Paraibano voltado exclusivamente para filmes produzidos e realizados no estado da Paraíba por equipes paraibanas e diretores residentes no estado.Para o prêmio Energisa, serão aceitos filmes realizados entre os anos de 2010 e 2011, em qualquer bitola, com duração de até 50 minutos. Os realizadores interessados em participar do Festival devem fazer inscrições até o dia 15 de junho através do site. O prêmio este ano será de 20 mil.A homenagem este ano será a Cabo Verde.
Assessoria Redação Paraiba.com

 

FONTE: Paraiba

Partilhar