27 February 2021
Foto LUSA: O Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca e a esposa Lígia Fonseca EPA/MICHAEL REYNOLDS

PR de Cabo Verde lança primeiro romance

Praia, 21 abr (Lusa) – O Presidente da República de Cabo Verde vai lançar o seu primeiro romance em julho, durante o Festival Internacional de Literatura, evento apadrinhado por José Luís Peixoto e que na primeira edição homenageia José Saramago.

A I Edição do Festival da Literatura-Mundo (FLMSal), está marcada para 06 a 09 de julho, na ilha cabo-verdiana do Sal, numa iniciativa da câmara municipal e da editora Rosa de Porcelana, e conta com a curadoria do escritor português José Luís Peixoto.

O chefe de Estado cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, presidirá à abertura do festival e participará também como escritor no painel “Cabo Verde e Literatura Mundo”com outros nomes da literatura cabo-verdiana como Arménio Vieira, Onésimo Silveira, Germano Almeida, Vera Duarte, José Luís Tavares ou Dina Salústio.

A informação foi avançada hoje, na ilha do Sal, por Filinto Elísio, responsável da editora, durante a conferência de imprensa de apresentação do festival, que juntará em cabo verde cerca de meia centena de escritores ligados à literatura mundo.

“Abriremos o festival com um grande romance [de Jorge Carlos Fonseca] que está em edição pela Rosa de Porcelana Editora. Um romance que marca uma escrita surrealista, inédita nos países africanos de expressão portuguesa e que o inscreve como um romancista ao nível do fantástico Mia Couto”, disse Filinto Elísio, citado pela agência Inforpress.

O festival visa promover o diálogo entre autores, estudiosos, tradutores e mediadores da Literatura – Mundo, além de valorizar a ilha do Sal como destino cultural no Atlântico, segundo a organização.

O presidente da Câmara do Sal, Júlio Lopes, adiantou que nesta edição o festival presta homenagem ao escritor José Saramago, o único Nobel da Literatura da língua portuguesa, e ao poeta Corsino Fortes, fundador e primeiro presidente da Academia Cabo-verdiana de Letras, “com uma série de iniciativas culturais paralelas acerca destas duas figuras emblemáticas das letras”.

As iniciativas serão promovidas em parceria pela Fundação José Saramago e pela Academia Cabo-Verdiana de Letras.

Filinto Elísio assinalou que participarão no festival 50 escritores, incluindo 10 cabo-verdianos, tendo destacado alguns dos nomes já confirmados como José Eduardo Agualusa (Angola), Alexandra Buchner (República Checa), Dejan Tiago Stankovic (Sérvia), Karla Suarez (Cuba), Pilar Del Rio (Espanha), Francisco José Viegas (Portugal), Paulo Lins (Brasil), Eric M. B. Becker (Estados Unidos), Jerónimo Pizarro (Colômbia), Claudine Bertrand (Canadá), Bo-Seon Shim (Coreia do Sul) e Inocência Mata (São Tomé e Príncipe.

“O FLMSal ambiciona ser um festival de referência internacional e integrar a rede dos eventos de Literatura-Mundo. Para tanto, conta nesta primeira edição com a parceria internacional da Fundação José Saramago, a Ler – Salão Carioca do Livro e a Literature Translation Institute of Korea”, disse.

CFF // EL – Lusa/Fim

Veja também:

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES