O ministro das Obras Públicas de Timor-Leste, Gastão de Sousa, disse hoje que o início da construção de infraestruturas em Oecussi vai ser assinalado no domingo durante uma cerimónia oficial com a presença do chefe de Estado timorense.

“O início da implementação do projeto será assinalado no domingo em Oecussi com a presença do Presidente”, afirmou Gastão de Sousa, que é também o coordenador para a execução dos projetos de infraestruturas do enclave timorense.

Segundo Gastão de Sousa, no âmbito do projeto vão ser construídos o aeroporto, estradas, o monumento de Lifahau, a central elétrica e a rede de abastecimento de água.

“É preciso criar condições mínimas para as comemorações dos 500 anos da chegada dos portugueses” ao país, que se assinalam em 2015, salientou.

Em abril, o governo de Timor-Leste aprovou a proposta de lei para a criação da Região Administrativa Especial de Oecussi, onde vai ser implementado o projeto da Zona Especial de Economia Social de Mercado.

O objetivo é o desenvolvimento inclusivo da região dando prioridade às atividades de cariz socioeconómico e de retorno à comunidade.

A proposta de lei inclui a ilha de Ataúro, em frente a Díli, como pólo complementar da Região Administrativa Especial de Oecussi, na área do turismo.

A Zona Especial de Economia Social de Mercado, projeto que está a ser liderado pelo antigo primeiro-ministro timorense Mari Alkatiri, tem como objetivo o desenvolvimento regional integrado através da criação de zonas estratégicas nacionais atrativas para investidores nacionais e estrangeiros.

“O intuito é retirar a Oecussi o estatuto de enclave e conferir-lhe o estatuto de pólo de desenvolvimento nacional, sub-regional e regional, ficando Ataúro, no âmbito deste pólo, direcionado para o turismo integrado”, explicou o governo.

No âmbito da criação daquela região, o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, e Mari Alkatiri realizaram em abril uma visita de trabalho a Oecussi para encontros com as autoridades tradicionais, religiosas e distritais para explicar o projeto, que inclui a construção de infraestruturas, nomeadamente um aeroporto, estradas e pontes.

MSE // FV. – Lusa/Fim

Fotos: ENCLAVE DE OECUSSI/TIMOR – Refugiados no adro da igreja de Ambeno, no enclave de Oecussi. 28/10/1999. FOTO TIAGO PETINGA/LUSA

Artigo relacionado:

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar