A cerimónia decorreu hoje à tarde na sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e contou com a presença de embaixadores, governantes e personalidades portuguesas, timorenses e de outras nacionalidades, entre as quais o ex-Presidente da República Portuguesa António Ramalho Eanes, e o padre Vítor Melícias, ex-presidente do Comissariado de Apoio à Transição em Timor-Leste.

Editado pela Porto Editora em 2012, para assinalar o 10.º aniversário da independência de Timor-Leste, o livro “Xanana Gusmão e os primeiros 10 anos da construção do Estado timorense” é uma compilação de 92 discursos proferidos pelo histórico da luta pela libertação de Timor-Leste enquanto Presidente da República e depois como primeiro-ministro.

Com 656 páginas, o livro tem ainda uma pequena biografia, prefácios e fotografias.

A apresentar o livro, Rui Marques, que tem uma atividade cívica ligada à luta pela independência de Timor-Leste, referiu que o livro traça “o perfil de um líder notável que marcou a história recente”.

Os discursos transcritos no livro, sublinha o atual presidente do Instituto Padre António Vieira, “revelam um líder maduro sábio e audaz”.

“É o arauto da reconciliação entre timorenses, mas também com a Indonésia. Xanana é um verdadeiro arauto da paz”, afirmou.

Afirmou ser justa a comparação que alguns jornais fizeram há anos quando chamaram a Xanana “o Mandela de Timor”.

Também a apresentar o livro, o bispo emérito de Díli, Ximenes Belo, elogiou o primeiro-ministro de Timor-Leste, o “primeiro dos fundadores da pátria timorense”.

“Os discursos do primeiro-ministro do indicam a sua preocupação em ser sentinela vigilante do povo, reconciliador do povo, indómito defensor da paz, da reconciliação, da liberdade”, disse o religioso, classificando ainda Xanana como um “pedagogo da boa convivência, da paz, da reconciliação e do perdão”.

FPA // HB – Lusa/fim


Fotos:

– O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, durante o lançamento do livro ““Xanana Gusmão e os primeiros 10 anos da construção do Estado timorense”.

– O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão (C), cumprimenta o Bispo Ximenes Belo (E), durante a cerimónia de lançamento do livro ““Xanana Gusmão e os primeiros 10 anos da construção do Estado timorense”, 06 de fevereiro de 2014 na sede da CPLP em Lisboa. TIAGO PETINGA/LUSA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar