Em conferência de imprensa na Cidade da Praia, aquele responsável indicou que, para que o vocabulário seja comum é necessário que todos os países desenvolvam os seus vocabulários nacionais segundo a mesma base metodológica, “algo que ainda não existe”.

“É um trabalho muito complexo, de médio prazo. Por isso, devemos ter esses vocabulários consolidados na próxima cimeira do IILP em Julho de 2014 e isso dependerá do esforço que cada país aplicar”, disse.

Gilvan de Oliveira adiantou que a ideia é que os países desencadeiam a formação de equipas e de meios técnicos e financeiros para a execução do VOC para que, em meados de Março de 2012, na segunda reunião técnica internacional, seja apresentado o ponto da situação.

É nesse sentido que começou esta segunda-feira, na Praia, o primeiro curso técnico para a elaboração dos Vocabulários Ortográficos Nacionais (VON), na sequência da primeira reunião técnica internacional sobre VOC, que decorreu na mesma cidade, entre 26 e 29 de Setembro último, destinado a linguistas de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Esses especialistas, indicados pelas respectivas comissões nacionais do IILP, vão coordenar em cada um dos países a elaboração do VON, que virá a integrar a base comum do Vocabulário Ortográfico Comum.

O curso é ministrado pelo professor José Pedro Ferreira do Instituto Linguística Teórica e Computacional de Lisboa (ILTEC) e pela docente Gladis Barcelos dos Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC) da Universidade Federal de São Carlos e da Universidade de São Paulo.

A formação integra um conjunto de actividades necessárias para que a primeira versão do VOC a ser disponibilizada na Internet através da página electrónica do IILP, com uma base ortográfico com 300 mil palavras com mais de um milhão e 300 mil entradas, possa ser apresentada e aprovada pela IX Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, a ter lugar em Julho de 2012, em Maputo, Moçambique.

 

6-12-2011, 01:20:14
Fonte: Inforpress/ExpressodasIlhas

 

 

Primeiro Curso Técnico para a Elaboração dos VONs

Na sequência da  primeira Reunião Técnica Internacional sobre o VOC (Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa), que ocorreu na Cidade da Praia entre os dias 26 e 29 de Setembro, o Instituto Internacional da Língua Portuguesa realiza desde o dia 5 , nas suas instalações na Casa Cor-de-Rosa,  o Primeiro Curso Técnico para a Elaboração dos Vocabulários Ortográficos Nacionais (VONs).

A exceção de Portugal e Brasil que já possuem um Vocabulário Ortográfico sistematizado, os outros seis países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) como Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste vão preparar os seus Vocabulários Ortográficos Nacionais (VONs) para depois serem Integrados no Vocabulário Ortográfico Comum (VOC).

O curso está sendo  ministrado pelo Prof. Dr. José Pedro Ferreira, do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC) de Lisboa, e que integra a Equipa Central Assessora doVOC no IILP, com base em um Manual Técnico especialmente desenvolvido para este fim pela Profa. Dra. Gladis Barcelos, do Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC) da Universidade Federal de São Carlos e da Universidade de SãoPaulo, Brasil, e que focaliza os procedimentos de extração lexicográfica a partir de um corpus bibliográfico definido segundo normas metodológicas comuns.

Ainda, o  curso integra o conjunto de atividades necessárias para que a primeira versão do VOC, a ser disponibilizado gratuitamente na internet através da página eletrônica do IILP,  possa ser apresentado e aprovado pelos Chefes de Estado e de Governo da CPLP a ocorrer em Maputo em Julho de 2012.

 

FONTE: IILP

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar