Apresentam-se seguidamente vinte palavras homógrafas, isto é, palavras que têm a mesma grafia mas que se pronunciam de forma diferente (não foram considerados os pares que se diferenciam apenas por acento gráfico: avô/avó). As palavras à esquerda têm a vogal tónica fechada, enquanto as da direita têm vogal tónica aberta:

acordo («entendimento») acordo (verbo acordar)
acerto («acordo», «correção»)acerto (verbo acertar)
borra («resíduo») borra (verbo borrar)
cerro («elevação, colina») cerro (verbo cerrar);
choro («pranto») choro (verbo chorar)
colher («utensílio de mesa») colher («apanhar»)*
começo («início») começo (verbo começar)
coro («conjunto de cantores») coro (verbo corar)
corte («morada do rei») corte («ato de cortar»; verbo cortar)
gozo («prazer»; «troça») gozo (verbo gozar)
jogo («divertimento») jogo (verbo jogar)
molho («líquido, caldo») molho («feixe»; verbo molhar)
olho («órgão da visão») olho (verbo olhar);
rego («sulco, vala») rego (verbo regar)
sede («vontade de beber») sede («lugar»)
sobre («em cima») sobre (verbo sobrar)
tola (feminino de tolo, «tonto») tola («cabeça», informal)
torre («coluna») torre (verbo torrar)
transtorno («contrariedade») transtorno (verbo transtornar)
vede (verbo ver) vede (verbo vedar)

* Tratando-se de um par de palavras agudas (oxítonas), o contraste deteta-se, portanto, na última sílaba: “culhér” (substantivo) vs. “culhêr” (verbo).

Ciberduvidas Logo
Carlos Rocha
palavras homografas
close
Subscreva as nossas informações
Partilhar