Praia, 26 jun (Lusa) – Os portugueses Valter Hugo Mãe e Afonso Cruz, o angolano José Eduardo Agualusa e o moçambicano Mia Couto são alguns dos escritores convidados do primeiro festival literário Morabeza, previsto para outubro, na cidade da Praia.

O anúncio foi feito hoje no parlamento cabo-verdiano pelo ministro da Cultura e Indústrias Criativas, Abraão Vicente, que adiantou ser ainda intenção ter presentes no evento todos os “grandes escritores” cabo-verdianos.

“Estarão presentes não só aqui na Cidade da Praia, mas também estamos a desenhar a sua extensão a Mindelo. A nossa ambição é fazer com que estes eventos também sejam nacionais”, disse Abraão Vicente, citado pela agência cabo-verdiana de notícias Inforpress.

O evento, que está previsto realizar-se entre a última semana de outubro e a primeira de novembro na capital cabo-verdiana, incluirá oficinas de escrita criativa, de publicação, edição e tradução.

A realização do festival enquadra-se na estratégia do Governo cabo-verdiano de conseguir que os autores cabo-verdianos sejam mais traduzidos.

Em julho, a ilha do Sal recebe o primeiro festival de literatura do mundo, numa parceria entre a autarquia, o mecenato local e o escritor português José Luís Peixoto, curador do evento.

O festival, que passará a realizar-se anualmente, ganhou forma através de um protocolo entre a Câmara Municipal do Sal (entidade promotora), a empresa Aeroportos e Segurança Aérea – ASA (mecenas principal), a Rosa de Porcelana Editora (responsável pela programação cultural e científica) e o escritor José Luís Peixoto (responsável pela curadoria do festival).

O festival contará na abertura com a presença do Presidente da República cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, que lançará na ocasião o seu primeiro romance, intitulado “Albergue Espanhol”.

CFF // PNG – Lusa/Fim

RELACIONADAS