À margem das celebrações do 37.º aniversário da instituição, António Cunha salientou que a UM “foi das poucas universidades do mundo a ser convidada para integrar este projeto”.
A universidade de Xangai está atualmente a implementar um centro de estudos dedicado ao ensino de línguas e culturas estrangeiras.
Para tal, tem convidado algumas universidades do mundo, entre as quais a UM, a marcarem presença nesse novo pólo de ensino, cujos graus vão ser atribuídos pelas instituições parceiras do projeto.
O reitor da UM espera que, “muito em breve”, a universidade venha a estar presente num dos mais importantes centros económicos do mundo.
MYL.

 

FONTE: LUSA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar