1 March 2021
“Hoje estudam em Coimbra 2.500 estudantes internacionais oriundos de países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste)”

Universidade de Coimbra cria página eletrónica para estudantes brasileiros

A Universidade de Coimbra (UC) acaba de criar um sítio web (www.uc.pt/brasil) “especialmente dedicado” a estudantes e investigadores brasileiros, anunciou a reitoria da instituição, numa nota distribuída à comunidade universitária.

Na nova página eletrónica encontram-se “todas as informações úteis para auxiliar pesquisadores e estudantes brasileiros” candidatos à UC, através do qual também podem aceder a “conteúdos relacionados com oferta formativa, investigação, financiamento, cursos de língua e programas de mobilidade internacional, bem como a informações de caráter prático para preparação da sua estada na UC”, afirma a reitoria.

A criação do sítio explica-se, antes de mais, com a “elevada procura por parte de estudantes brasileiros potenciais candidatos” a frequentarem a UC e a “necessidade de disponibilizar uma resposta especializada para este público universitário que pretende complementar os seus estudos” em Coimbra, sublinha a mesma nota, subscrita pelo reitor da UC, João Gabriel Silva, a que a agência Lusa teve acesso.

Ao chegarem à UC, os estudantes brasileiros inserem-se numa “universidade europeia de referência, com quase um quinto de estudantes internacionais, oriundos de mais de 90 países, num espaço urbano único, agora Património Mundial, que lhes proporciona uma experiência multicultural que complementará a formação académica de qualidade que irão receber”, assegura João Gabriel Silva.

Na UC encontra-se “a maior comunidade académica brasileira fora do Brasil”, salienta o reitor, referindo que no ano letivo de 2012/2013 se inscreveram ali “mais de dois mil alunos brasileiros”.

Coimbra foi, no anterior ano letivo, “a escolha preferencial dos estudantes e pesquisadores brasileiros” que optaram por Portugal para continuarem a sua formação, sublinha a mesma nota, adiantando que a UC recolheu “34% das primeiras opções” do Ciência sem Fronteiras (CsF) e “perto de 50%” do Programa de Licenciatura Internacional (PLI) – programas brasileiros de apoio aos estudantes e investigadores que pretendem estudar fora do seu país.

“Hoje estudam em Coimbra 2.500 estudantes internacionais oriundos de países de língua oficial portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste)”, afirma a página eletrónica da UC especialmente dirigida a brasileiros, sublinhando que as respetivas associações de estudantes destes países em Coimbra “estão representadas e têm um espaço próprio na Casa da Lusofonia, ponto de encontro de todos os estudantes internacionais da Universidade de Coimbra”.

Há cada vez mais estudantes “interessados na língua e cultura lusófonas”, garante a mesma página, adiantando que “todos os anos mais de 600 estudantes internacionais frequentam os diversos cursos de língua e cultura portuguesas da UC”.

JEF // SSS – Lusa/Fim

Foto: Imagem da Universidade de Coimbra da autoria do fotógrafo brasileiro Maurício Lima.Três fotógrafos brasileiros registaram o Norte, Centro e Sul de Portugal em 61 fotografias que vão estar expostas, em julho e agosto, em São Paulo e no Rio de Janeiro e também editadas em livro e disponíveis na Internet. O projeto, intitulado Vista D’Olhos – Portugal Hoje, resultou de deslocações dos três profissionais de fotografia pelo país, em maio de 2013, e é promovido pela Estação Imagem – Associação Cultural, com o apoio do Turismo de Portugal e inserido no Ano Portugal no Brasil. 13 de julho de 2013. MAURÍCIO LIMA / LUSA

Também poderá gostar

Sem comentários