Estão disponíveis para os estudantes oriundos dos Países Africanos de Língua Portuguesa, um total de 640 vagas, tendo o segundo período letivo de 2017 um total de 270 vagas e o primeiro período letivo de 2018, 370 vagas para todos interessados em ingressar na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Sobre a Unilab

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) é uma instituição federal brasileira de educação superior, cuja missão institucional é formar pessoas para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), especialmente os países africanos. Localizada no interior do Nordeste brasileiro, a Unilab reúne os desafios da internacionalização e da interiorização do ensino superior, para que, por meio do ensino, pesquisa e extensão, promova a construção e o intercâmbio de conhecimento, com pertinência social, além de contribuir com o desenvolvimento regional.

Os interessados em concorrer às vagas terão que ser maiores de 18 anos, ter completado o ensino secundário e terão que ser naturais de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

(Imagem: Reprodução Minuta Unilab)

Todas as informações sobre a candidatura podem ser consultadas neste site, bem como nas Missões Diplomáticas brasileiras em Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Recomenda-se aos interessados a uma leitura atenta do edital. O Processo Seletivo de Estudantes Estrangeiros Unilab 2017, ocorre de 1 a 14 de julho, via Sistema de Seleção de Estrangeiros (Selest).

Fonte: Conexão Lusófona

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar