A Escola Portuguesa de São Tomé é uma instituição de ensino privada, que tem como entidade responsável a Associação de Pais Portugueses da cidade de S. Tomé (ASPP) e funciona desde o ano de 1991.

Esta escola, que segue ensino curricular português, tem cerca de 60 alunos do ensino básico do 1.º ao 4.º ano de escolaridade (antiga 1.ª à 4.ªclasse). Em finais de 2011, o Ministério das Obras Públicas e Recursos Naturais de S. Tomé e Príncipe cedeu um terreno do Estado, para a construção de novas instalações da EscolaPortuguesa. Este novo espaço, com cerca de 2.000 m2, pretende ser um local de usufruto das crianças de São Tomé, com capacidade para 100 alunos e onde sejam privilegiados espaços de convívio e recreio, biblioteca, local para a prática de atividades físicas, entre outras componentes. A UCCLA foi contatada para colaborar neste novo projeto, atendendo à sua vasta experiência, prontificando-se, desde logo, para criar uma equipa projetista que o irá desenvolver.Esta equipa, que irá trabalhar a título gratuito – as despesas de deslocação, alojamento e materiais associados ao projeto são assegurados pela ASPP -, é composta pelo Arqt.º José Carvalheira (projeto de arquitetura), Eng.º Silva Ferreira da UCCLA (projeto dasinstalações eléctricas) e AFRICONSULT que é uma empresa associada da UCCLA, com sede em Luanda (restantes projetos de engenharia).

O investimento da nova Escola Portuguesa de São Tomé é suportado pela Associaçãode Pais Portugueses da cidade de S. Tomé e estima-se que as novas instalações estejam prontas a funcionar no ano letivo de 2013/2014.

 

FONTE: UCCLA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar