Lisboa, 26 out (Lusa) – Três estudantes de doutoramento oriundos de Portugal e Brasil venceram a 7.ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça, promovido pelo Banco Santander Totta e pela Casa da América Latina, divulgou hoje a organização do galardão.

O prémio visa distinguir “teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses ou latino-americanos em universidades de Portugal ou da América Latina”, refere-se numa nota da Casa da América Latina, sublinhando que cada vencedor receberá cinco mil euros.

O português Vítor Manuel Fernandes Oliveira de Sousa venceu na categoria de Ciências Sociais e Humanas, com a tese de douramento “Da ‘Portugalidade’ à Lusofonia”, realizada na Universidade do Minho.

Já Jorge Fernando Brandão Pereira, outro aluno de doutoramento português, venceu na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais, com a tese “Um conto de dois bioprocessos”, realizada no Departamento de Química da Universidade de Aveiro.

A brasileira Daniele dos Santos Fontoura venceu na categoria de Ciências Económicas e Empresariais, com a tese “Envelhecimento e Mercado de Trabalho no Setor Hoteleiro Brasileiro e Português: Uma Perspetiva de Género”, com a cotutela da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa.

Esta foi a 7ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça, que recebeu 86 candidaturas de doutorandos de vários países, nomeadamente, Portugal, Brasil, Colômbia, Venezuela, Argentina, Chile, Panamá e Paraguai.

Os trabalhos foram avaliados por um júri constituído por Luís Bento dos Santos, administrador do Banco Santander Totta; Arlindo Oliveira, presidente do Instituto Superior Técnico (IST); Manuela Júdice, secretária-geral da Casa da América Latina; João Proença, reitor da Universidade Europeia; e Pedro Cardim, professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

De acordo com o comunicado, a cerimónia de entrega do prémio decorre em dezembro, em data e local a anunciar.

Esta iniciativa, segundo a nota, pretende estimular a formação de estudantes latino-americanos e portugueses em temas de qualquer natureza de interesse mútuo para Portugal e a América Latina.

CSR // APN – Lusa/fim

 

RELACIONADAS