Nuno Júdice lê Rafael Cadenas

Nuno Júdice lê Rafael Cadenas

O poeta português Nuno Júdice, Prémio Rainha Sofia Sofía 2013, Traduziu e lê um poema do poeta venezuelano Rafael Cadenas. Espero uma canção diferente. Uma canção que me resolva. Uma canção ligeira com um azulejo. Uma canção que me eleve como um vinho. Uma canção tão...
O AMOR DO RIO 

O AMOR DO RIO 

Os sonhos do porvir, os cantos que cantei, carrego-os [na voz Antes da minha voz, já um nome fora dado a cada coisa [e a cada coisa uma medida Em cada nome pus apenas um sopro de lume insubmisso; [em cada coisa, uma sugestão de prumo e de estrela. Sorve agora das...
3 poemas (sem títulos) de Arlindo Barbeitos

3 poemas (sem títulos) de Arlindo Barbeitos

Clique na imagem para ouvir os poemas Artigo de José Eduardo Agualusa, publicado no jornal O Globo, do rio de Janeiro em 3/04/21 Na passada quarta-feira, morreu em Luanda, vítima da atual pandemia, o poeta angolano Arlindo Barbeitos. Poucos dias antes, em 20 de março,...