ciberdúvidas

Parabéns Ciberdúvidas

O Observatório da Língua Portuguesa felicita o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa no dia em que faz 25 anos. Em 15 de janeiro de 1997, quando começavam na Internet a multiplicar-se os usos orais e escritos em português, surgia o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, por iniciativa de João Carreira Bom (1945-2002) e José Mário Costa. A primeira

Parabéns Ciberdúvidas Ler mais »

Plataforma Educativa Ciberestudo

O Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, associação sem fins lucrativos, e a Fundação Vodafone, entidade financiadora, lançaram este ano a Plataforma Educativa Ciberestudo (https://www.ciberestudo.com/), visando, nesta primeira fase, a disciplinas de Português e Matemática para os 4.º, 6.º e 9.º anos de escolaridade. A área disciplinar de Matemática está a cargo da Associação de Professores de

Plataforma Educativa Ciberestudo Ler mais »

Fundador do Ciberdúvidas estranha “iniciativa unilateral” da Academia das Ciências

Lisboa, 27 jan (Lusa) – Um dos fundadores do Ciberdúvidas, projeto dedicado à língua portuguesa, estranhou hoje a “iniciativa unilateral” da Academia das Ciências de Lisboa sobre o Acordo Ortográfico de 1990, documento do qual é responsável com a Academia Brasileira de Letras. “Estranho que a Academia das Ciência de Lisboa (ACL), entidade responsável com

Fundador do Ciberdúvidas estranha “iniciativa unilateral” da Academia das Ciências Ler mais »

20 anos de Ciberdúvidas

1. O Ciberdúvidas da Língua Portuguesa completa 20 anos no dia 15 de janeiro. Criado em 1997 pelos jornalistas João Carreira Bom, já falecido, e José Mário Costa, constitui-se como a primeira iniciativa no género, via Internet, ainda hoje sem paralelo em todo o universo da lusofonia. Com a filosofia de um jornal, nas suas

20 anos de Ciberdúvidas Ler mais »

Uso do gerúndio em Portugal

Recolhido no Ciberdúvidas Não é correto afirmar que em Portugal não se usam os verbos no gerúndio. Apesar de não ser tão comum comparativamente ao uso no português do Brasil, o gerúndio é utilizado em português europeu, nos chamados dialetos centro-meridionais (principalmente nas regiões do Alentejo e Algarve) e nos dialetos insulares arquipélagos da Madeira

Uso do gerúndio em Portugal Ler mais »

Estufa-fria, com hífen. E é estufa quente, ou estufa-quente?

Recolhido no Ciberdúvidas Tenho em mãos um livrinho sobre horticultura. Trata-se de um texto especializado que fala em estufas-frias e estufas quentes… E muitas vezes a par… Grafo como composta “estufa-fria”, e «estufa quente» sem hífen… Mas balanço sempre a olhar para elas sobretudo seguidas… Que me dizem?  Há registos de estufa-fria em alguns dos vocabulários

Estufa-fria, com hífen. E é estufa quente, ou estufa-quente? Ler mais »

Scroll to Top