O tema está entre os assuntos a serem debatidos durante a reunião entre o ministro dos Negócios Estrangeiros do Sri Lanka, Gamini Lakshman Peiris, e o seu homólogo brasileiro, Antonio Patriota, prevista para a próxima sexta-feira, em Brasília.

O país insular asiático sofreu uma forte influência de Portugal, que ocupou parte do país no século XVI, sendo ainda hoje possível encontrar famílias com nomes como Silva ou Fernandes.

Além do idioma, os dois ministros discutirão iniciativas para a ampliação do fluxo de comércio e de investimento bilateral, além da cooperação em áreas como saúde, gestão de florestas e agricultura.

As trocas comerciais entre o Brasil e o Sri Lanka aumentaram 276 por cento em quatro anos, passando de 44, 6 milhões de dólares (32, 9 milhões de euros), em 2008, para 168 milhões de dólares (124 milhões de euros), em 2012.

FYRO // VM.

Lusa/Fim

Foto: Uma pintura de parede no Raja Kelaniya Maha Viharaya, representando a assinatura do tratado entre o Reino de Portugal e o do Sri Lanka em 1505,  05/03/2005, EPA/M.A.PUSHPA KUMARA

Partilhar