Princesa Chulabhorn Mahidol da Tail‚ndia ouve as explicaÁıes do director Sobrinho Simıes durante a visita ao Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, 20 Julho 2009, no Porto. ESTELA SILVA/LUSA

Princesa Chulabhorn Mahidol da Tail‚ndia ouve as explicaÁıes do director Sobrinho Simıes durante a visita ao Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, 20 Julho 2009, no Porto. ESTELA SILVA/LUSA

Manuel Sobrinho Simões, presidente do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (Ipatimup) e professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, foi eleito pela revista britânica ‘The Patologist’ o melhor patologista do mundo durante o ano de 2015.

A votação decorreu durante dois meses e elegeu o médico portuense, que assim viu reconhecida novamente a sua qualidade a nível internacional.

Segundo a Universidade do Porto (UP), Sobrinho Simões destacou-se durante o presente ano pela “contribuição para a visibilidade da patologia na Europa”, além das contribuições que deu “para o diagnóstico clínico de cancro da tiróide e o facto de apoiar e formar jovens patologistas de todo o mundo”.

Manuel Sobrinho Simões licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da UP em 1971. Em 1979 completou o doutoramento em Patologia com uma dissertação sobre o cancro da tiróide. Chefe de Serviço no Hospital de São João desde 1988, criou em 1989 o Ipatimup, um dos mais prestigiados centros de investigação e diagnóstico da Europa na área do cancro.

Fonte: Porto24
Princesa Chulabhorn Mahidol da Tailândia ouve as explicações do director Sobrinho Simões durante a visita ao Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, 20 Julho 2009, no Porto. ESTELA SILVA/LUSA

Princesa Chulabhorn Mahidol da Tailândia ouve as explicações do director Sobrinho Simões durante a visita ao Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, 20 Julho 2009, no Porto. ESTELA SILVA/LUSA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar