25 February 2021
Oito sindicatos da educação da Galiza exigiram ao Governo regional a inclusão do português como segunda língua estrangeira opcional

Sindicatos galegos exigem português como segunda língua estrangeira no ensino secundário

Viana do Castelo, 31 dez (Lusa)

Oito sindicatos da educação da Galiza, Espanha, exigiram ao Governo regional a inclusão do português como segunda língua estrangeira opcional no ensino secundário e a abertura de vagas para professores especialistas em língua portuguesa.

A exigência, expressa numa carta dirigida ao diretor geral de Educação, Formação Profissional e Inovação Educativa da Junta da Galiza, a que a Lusa hoje teve acesso, é partilhada pela Associação de Docentes de Português na Galiza (ADPG).

Xoan Montero, da ADPG, disse hoje à Lusa que “faz todo o sentido” o português ser incluído nas opções para segunda língua estrangeira no ensino secundário, lado a lado com o francês e o alemão, face “à proximidade e às históricas relações” entre a Galiza e Portugal.

 

 

FONTE: SAPO Notícias

Também poderá gostar

Sem comentários