O Senado norte-americano confirmou hoje por unanimidade o físico nuclear lusodescendente Ernest Moniz como secretário da Energia, em substituição de Steven Chu, e abriu caminho para a confirmação definitiva da diretora da Agência de Proteção do Ambiente.

O professor do Instituto Tecnológico do Massachusetts (MIT) conseguiu a aprovação do Senado, com 97 votos a favor e nenhum contra, para coordenar o ‘boom’ nos EUA da extração de hidrocarbonetos não convencionais e os investimentos em energias renováveis.

O Presidente norte-americano, Barack Obama, salientou em comunicado “a experiência num amplo leque de fontes de energia” de Moniz, que conseguiu “atrair inovadores para avançar em novas soluções energéticas”.

Obama disse ainda que o novo governante “partilha” a sua “convicção de que os EUA devem liderar o desenvolvimento de fontes sustentáveis de energia, que criem empregos e indústrias, ao mesmo tempo que respondem aos desafios das alterações climáticas”.

Por sua parte, um comité senatorial aprovou a nomeação de Gina McCarthy como nova administradora da EPA, decisão que agora vai ter de ser confirmada pelo plenário do Senado.

Ernest Moniz é descendente de emigrantes açorianos de São Miguel, tendo nascido em Fall River, no Estado do Massachusetts, em 1944.

Quando a sua nomeação por Barack Obama foi conhecida, o presidente do governo açoriano, Vasco Cordeiro, congratulou-se, salientando “o trajeto coletivo da comunidade açoriana e açor-descendente nos EUA”.

RN (MP/SCA) // HB – Lusa/fim

Foto: Barack Obama (Centro-Direita) apresenta Ernest Moniz (Esquerda) como secretário da Energia, na Casa Branca, em Washington DC, USA, 04 March 2013. EPA/JIM LO SCALZO (epa03609381)

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar