O galardão, segundo comunicado enviado à Lusa, distingue o autor, por “considerar que o seu trabalho literário (poesia, contos e crónicas) contribui para a criação e difusão da expressão cultural no Brasil”.

O galardão será entregue no sábado, às 18:00, no Museu do Oriente, em Lisboa, no âmbito da Gala do Prémio Excelência Literarte – 2014, organizada pela Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas e pelo Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora.

Samuel Pimenta, de Alcanhões, no Ribatejo, tem organizado tertúlias literárias em Portugal e é autor da obra “O relógio”, com a qual foi um dos vencedores do Prémio Jovens Criadores 2012.

Um livro, explicou o autor à Lusa, que “critica e denuncia os vícios da atual conjuntura social e económica”.

Em junho último publicou “Geo Metria”. Alguns dos seus contos, poemas e crónicas têm sido publicados em antologias, coletâneas e revistas em Portugal, Angola, Brasil e Moçambique, adiantou o autor à Lusa.

O seu conto mais recente, “O poeta”, faz parte da coletânea “Abril depois de Abril”, da editora Livros de Ontem.

NL // MAG – Lusa/Fim