Assembleia da República, em Lisboa, 22 de fevereiro de 2016. ANTÓNIO COTRIM/LUSA
Assembleia da República, em Lisboa, 22 de fevereiro de 2016. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

RAR 16/2017 – Recomenda ao Governo uma política ativa, eficaz e global de defesa e projeção da Língua Portuguesa.

Diário da República fev2017

Resolução da Assembleia da República n.º 16/2017

Recomenda ao Governo uma política ativa, eficaz e global de defesa e projeção da Língua Portuguesa

A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, recomendar ao Governo que:

1 — Revitalize o empenho político e diplomático, em parceria com os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em tornar a Língua Portuguesa uma das línguas oficiais da Organização das Nações Unidas (ONU).

2 — Crie condições para uma mais ampla utilização e promoção da Língua Portuguesa enquanto importante capital estratégico para a internacionalização da cultura e economia nacionais.

3 — Adote medidas que corrijam progressivamente as desigualdades que permanecem no tratamento das comunidades portuguesas nos espaços europeu e extraeuropeu.

4 — Prossiga com a integração do ensino do português no estrangeiro, nos sistemas educativos locais.

5 — Valorize o espaço virtual como plataforma do ensino à distância, não só para alunos estrangeiros, mas também para alunos portugueses ou lusodescendentes.

6 — Desenvolva novos mecanismos de avaliação e certificação de aprendizagens.

7 — Aposte na formação contínua de professores, quer em regime à distância ou híbrido, quer presencial.

8 — Fomente hábitos de leitura através do Plano de Incentivo à Leitura.

9 — Alargue a rede de leitorados e de universidades com cursos de Língua Portuguesa.

Aprovada em 6 de janeiro de 2017.

O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES