Eugénio Anacoreta Correia falava num seminário subordinado ao valor da língua portuguesa, realizado no Instituto Politécnico de Macau.

“Vão ouvir falar nisto: daqui a quatro anos o português vai ser pela primeira neste século língua oficial, ao lado do inglês e do francês, nos Jogos Olímpicos; isto é um valor cultural. Daqui a dois anos, o português vai ser a língua oficial do Campeonato do Mundo de Futebol; isto é um valor cultural (…) e isto faz a promoção da Língua”, afirmou.

O presidente do Observatório da Língua Portuguesa voltou a sublinhar o papel do desporto na promoção do português pelo mundo, ao referir a lista das personalidades com maior notoriedade no mundo lusófono referidas no estudo “O valor da língua portuguesa: uma perspetiva económica e comparativa”.

“Em primeiro lugar está um homem [Lula da Silva, antigo Presidente do Brasil], que sempre falou em português e, porventura, ninguém promoveu tanto o português como ele, mas o segundo [da lista] é o Ronaldinho Gaúcho e o terceiro é o Cristiano Ronaldo. Aqui está o peso que o desporto tem a promover a língua portuguesa”, comentou.

Eugénio Anacoreta Correia referiu que o “enorme” valor cultural da língua portuguesa e invocou que o seu poder da língua assenta no tripé formado pela política, economia e cultura, conjunto por onde, na sua opinião, deve passar a difusão da mesma.

“Este século XXI, no meu ponto de vista, vai ser um século de globalização da cultura e a globalização da cultura vai ser um fator que vai ajudar ao melhor entendimento entre as nações e os povos e vai ser um fator da paz, da cooperação e da solidariedade entre os povos. E esta é uma vantagem da língua portuguesa”, afirmou o antigo embaixador de Portugal em Cabo Verde.

 

FV.

Lusa/Fim

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar