A promoção da língua e da cultura portuguesas nos EUA tem sido um objectivo estratégico que exige uma nova abordagem. É necessário renovar o interesse pela língua e a cultura portuguesas, tanto dos jovens luso-descendentes e norte-americanos, como de outros públicos, projectando, por um lado, a afirmação da especificidade de Portugal e da língua portuguesa no quadro da União Europeia, como porta de acesso a África e ao Brasil e, por outro lado, valorizando o ensino formal do Português como segunda língua, numa aposta clara na sua expansão e qualidade. 

PRIORIDADES 
A prioridade do eixo estratégico de promoção da língua e da cultura portuguesas nos EUA, deverá ser a qualidade do ensino do Português e o sucesso educativo dos jovens luso-descendentes. 

Neste quadro, ao nível do ensino superior, o apoio a departamentos de língua e cultura portuguesas, no futuro (e sem prejuízo dos projectos em curso), deverá ser organizado numa base competitiva e harmonizada, com a abertura de concursos para a organização de cátedras com o nome da FLAD, privilegiando-se as universidades norte-americanas que assegurem parte das despesas. 

Ainda no domínio dos estudos portugueses, está a ser preparado o lançamento de um programa que, em articulação com o CAORC – Council of American Overseas Research Centers, promoverá um concurso anual de bolsas de curta duração em instituições portuguesas, destinadas a investigadores norte-americanos interessados em estudos lusófonos; simultaneamente haverá um concurso anual de bolsas de curta duração destinado a investigadores portugueses para leccionarem sobre estudos lusófonos em universidades norte-americanas. 

No que respeita ao ensino do Português nos níveis básico e secundário, a orientação a seguir deve privilegiar o ensino formal do Português como língua estrangeira nas escolas norte-americanas. A FLAD está a mobilizar parceiros, com a Comissão Fulbright e o Instituto Camões, para o lançamento de programas de apoio a estágios de curta duração em Portugal destinados a professores de Português nos EUA, e abertura de concursos que premeiem boas práticas de ensino do Português nos EUA. 

Outra das iniciativas que irá ter início no ano lectivo de 2011/2012 é o lançamento do concurso “Ler em Português”, destinado a equipas mistas de alunos do ensino secundário e respectivos professores de Portugal e dos EUA. Esta iniciativa da FLAD conta com a colaboração do Plano Nacional de Leitura, da Rede de Bibliotecas Escolares, das Secretarias Regionais da Educação dos Açores e da Madeira e da Coordenação do Ensino de Português nos EUA. 

A FLAD está ainda envolvida noutra iniciativa em que serão mobilizados interesses e recursos para apoiar a abertura de pólos de ensino da língua portuguesa e de divulgação da nossa cultura nos EUA – Centros de Língua Portuguesa –, programa que conta com a parceria do Instituto Camões e da AICEP. 

No apoio às comunidades luso-descendentes, o foco deverá ser colocado na educação, apostando-se no lançamento de uma série de iniciativas que valorizem essa dimensão. Por exemplo, o apoio a projectos de investigação (seleccionados por concurso) centrados na identificação dos factores do sucesso escolar dos jovens luso-americanos; o apoio a iniciativas que contribuam para a divulgação de uma narrativa valorizadora de percursos biográficos associados ao êxito escolar (Damásio, Onésimo Almeida, Frank de Sousa, Deolinda Adão, Craig de Melo, entre muitos outros). 

Ainda no apoio às comunidades luso-americanas nos EUA, serão mantidas iniciativas em curso, como o “Portuguese American Citizenship Project”, programa que incentiva luso-americanos a participarem plenamente nas actividades cívicas das suas comunidades, que os ajuda na aquisição da cidadania americana e promove os seus direitos cívicos, incluindo o direito de voto. Este programa foi actualmente repensado em novos moldes e com financiamento alargado ao Governo Regional dos Açores, prevendo-se, desejavelmente, que venha a ser alargado às comunidades associativas de portugueses e luso-descendentes que se revelam capazes de dinamizar iniciativas de fundraising que permitam financiar um terço do projecto. 

A FLAD continuará a colaborar com a PALCUS – The Portuguese American Leadership Council of the United States, única associação que integra portugueses e luso-descendentes de todas as regiões dos EUA. Nesta colaboração procuraremos centrar as acções nos domínios da educação e da cultura. 

PROGRAMAS DE ACÇÃO 
a) Programas de Ensino de Português nos EUA 
• Programas com os departamentos de língua portuguesa e estudos lusófonos de universidades dos EUA 
• Projectos com escolas de ensino secundário norte-americanas: “Ler em Português”, projectos de mobilidade de professores; projecto “Ciberdúvidas da Língua Portuguesa” 
• Centros de Língua e Cultura Portuguesas nos EUA 
• Programa FLAD / CAORC 
• Concursos para tradução de obras – português/inglês e inglês/português 
b) Programas de valorização das Comunidades Luso-Descendentes nos EUA 
• Citizenship Project 
• Apoio à valorização da Imagem 
• Apoio à valorização do sucesso escolar

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar