Fonte oficial disse à agência Lusa que a presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Ana Paula Laborinho, terá reuniões de cariz técnico com entidades locais e estará presente na Reitoria da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) para assistir à oferta do antigo Banco Espírito Santo/Cabo Verde (BES/CV).

O primeiro dos 100 computadores foi entregue simbolicamente a 07 de novembro de 2014 pelo presidente do BICV, Pedro Cudell, no quadro de um acordo de doação assinado com a Uni-CV.

O transporte dos computadores foi financiado pelo Governo português, através do instituto Camões, com o apoio da Embaixada de Portugal em Cabo Verde, cujo chefe de missão, Bernardo Homem de Lucena, também estará presente na cerimónia.

Em novembro de 2014, em declarações à Lusa, Pedro Cudell anunciou a transformação do BES/CV em BICV e que, como primeira medida pública “oficial”, seriam oferecidos 100 computadores à UNI-CV, dando sequência à “velha tradição” do Grupo Espírito Santo de apoiar as universidades e as escolas e valorizar os estudantes dos diferentes níveis de ensino.

“Achei que era oportuno e interessante, agora que mudamos a denominação social, ter uma atitude simpática para com Cabo Verde e nada melhor do que o fazer com os jovens que, amanhã, serão os empresários e os profissionais do país”, disse

JSD // EL -Lusa/Fim

Pessoas utilizam computadores portáteis num jardim da Cidade da Praia, em Cabo Verde, a 27 de Março de 2009. PAULO NOVAIS / LUSA