Praia, 18 jan (Lusa) – O Presidente da República cabo-verdiano considerou hoje que a visita do primeiro-ministro António Costa a Cabo Verde simboliza a importância das relações entre os dois países e uma “atenção muito especial” à lusofonia.

“O facto de ser a primeira visita a um país estrangeiro, e sendo o país Cabo Verde, pode simbolizar politicamente que o novo governo e o primeiro-ministro dão importância especial às relações com Cabo Verde”, disse Jorge Carlos Fonseca.

O Presidente falava hoje aos jornalistas à margem da cerimónia de imposição de uma condecoração ao embaixador de Portugal na Praia.

Para Jorge Carlos Fonseca, a escolha de Cabo Verde para a primeira viagem oficial de António Costa ao estrangeiro significa que o chefe de Governo português “vê em Cabo Verde um país amigo e um país muito próximo”.

“E talvez mais do que isso pode significar uma perspetiva, que também é nossa, de que sendo Cabo Verde um país de língua portuguesa, um país africano, que o novo primeiro-ministro dá uma atenção muito especial ao fortalecimento, ao aprimoramento do papel da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)”, acrescentou o presidente cabo-verdiano.

Jorge Carlos Fonseca disse estar nesta matéria “perfeitamente em sintonia” com António Costa e lembrou a necessidade de trabalhar para que a CPLP “se torne mais do que uma comunidade de Estados, uma comunidade povos”.

“A comunidade deve trabalhar para que as pessoas possam circular no grande espaço da comunidade de língua portuguesa. Só assim os cidadãos se sentirão mais plenamente membros e cidadãos de uma comunidade”, sublinhou o presidente.

“Creio que é uma ideia que é cara também ao primeiro-ministro. Naturalmente todos sabemos que não é fácil, é um processo, mas tem que ser trabalhado e, desde que haja empenho, vontade e criatividade, pode-se chegar lá”, reforçou.

António Costa visita Cabo Verde terça e quarta-feira naquela que será a sua primeira visita oficial ao estrangeiro.

Durante a deslocação, António Costa e o seu homólogo cabo-verdiano José Maria Neves deverão lançar as bases para a discussão do Programa Estratégico de Cooperação (PEC) 2015-2020.

Além dos encontros institucionais, António Costa participará nas cerimónias do Dia dos Heróis Nacionais, que se assinala a 20 de janeiro, e fará uma deslocação ao Tarrafal, onde Portugal está a apoiar a transformação em museu do antigo campo de concentração.

António Costa será recebido por Jorge Carlos Fonseca na tarde de terça-feira.

CFF // EL – Lusa/Fim
Fotografia captada por um 'smartphone' da “Maior cachupa do mundo” – 5.000 quilogramas de cachupa, prato típico de Cabo Verde, na Cidade da Praia, Cabo Verde, 12 de julho de 2015. Destinada a cerca de 2.500 refeições e ainda não foi homologada, os organizadores do evento esperam que a iniciativa possa ser registada no Livro Guiness dos Recordes com o título de “Maior Cachupa do Mundo”. JOSÉ SOUSA DIAS/LUSA

Fotografia captada por um ‘smartphone’ da “Maior cachupa do mundo” – 5.000 quilogramas de cachupa, prato típico de Cabo Verde, na Cidade da Praia, Cabo Verde, 12 de julho de 2015. Destinada a cerca de 2.500 refeições e ainda não foi homologada, os organizadores do evento esperam que a iniciativa possa ser registada no Livro Guiness dos Recordes com o título de “Maior Cachupa do Mundo”. JOSÉ SOUSA DIAS/LUSA

 

RELACIONADAS