26 February 2021

Portugal pode ajudar a China a conhecer países africanos lusófonos

Lisboa, 19 fev (Lusa) – O antigo governador de Macau Garcia Leandro considerou hoje à Lusa que Portugal pode ter um papel importante na ajuda que os chineses ainda precisam para conhecer melhor o mundo, principalmente os países africanos.

“A China não conhece bem o mundo e portanto tem de descobrir cada zona para onde vai, e sobre os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) há uma relação trilateral que é vantajosa para todos, porque há a possibilidade de haver uma intermediação e ajuda dos portugueses para colmatar essa dificuldade de conhecimento que a China tem sobre África”, disse o general e presidente da Fundação Jorge Álvares.

Em declarações à Lusa no lançamento da conferência sobre as relações económicas entre os países de língua portuguesa e a China ‘Uma Ponte na Relação Económica entre a China e os Países de Língua Portuguesa’, que decorre na terça-feira, em Lisboa, Garcia Leandro salientou as boas relações entre o gigante asiático e Portugal.

“A China tem uma relação próxima connosco há 400 anos, a transição de Macau correu bem, mantém-se a continuidade, mas no caso dos investimentos chineses em África, eles não os conhecem tão bem”, porque “tem muitos quadros novos, mas com falta de conhecimento das regiões do mundo”, acrescentou.

“Essa ajuda que Portugal pode dar já está a resultar, e o objetivo da conferência é trazer esse processo, que é feito a nível intergovernamental e interempresarial, para o conhecimento público”, vincou o general, que foi também governador de Macau.

A conferência de terça-feira “promove o debate de temas como o financiamento e capitalização de empresas no espaço de língua portuguesa e o Investimento em Infraestruturas com vista a reduzir as distâncias, aproximar as economias e estimular o desenvolvimento sustentável”, lê-se num comunicado distribuído hoje.

O tema do Financiamento e capitalização de empresas no espaço de língua portuguesa será debatido por um painel de especialistas do setor financeiro nos quais se incluem Pedro Reis (BCP), Pedro Correia (Santander) e Pedro de Oliveira Cardoso (BNU), contando ainda com a participação de Lingliang Xu (Fosun).

Por seu lado, as exportações, a internacionalização e os investimentos na relação China – PLP serão também abordadas numa intervenção, que encerra o painel da manhã, do presidente da AICEP, Miguel Frasquilho.

MBA // VM – Lusa/FimUma ponte chinea com Palop

PROGRAMA

  • 09H30 – Registo dos participantes
  • 10H00Palavras de Boas-Vindas

Professor Doutor Manuel Meirinho Martins, Presidente do ISCSP

  • 10H10Sessão Solene de Abertura

General Garcia Leandro, Presidente da Fundação Jorge Álvares

Dr. Nie Quan, Conselheiro Político da Embaixada da República Popular da China em Portugal

  • 10H45COFFEE-BREAK
  • 11h00 Apresentação do Plano de Ação para a Cooperação, na sequência da 5ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa

Dr. Jorge Rangel, Presidente do Instituto Internacional de Macau e Administrador da Fundação Jorge Álvares

  • 11H45 –“Uma Faixa, Uma Rota” e o papel de Macau na relação China – Países de Língua Portuguesa

Moderação Dr. Jorge Rangel

Professora Doutora Maria Fernanda Ilhéu, Professora do Instituto Superior de Economia e Gestão e Coordenadora da China Logus

Professor Doutor Severino Cabral – Presidente do Instituto Brasileiro de Estudos da China e Ásia-Pacifico – IBECAP

Professor Doutor Heitor Romana, Professor e Coordenador da Escola de Estudos Políticos e Estratégicos do ISCSP .

  • 12H30 – Exportações, internacionalização e investimento na relação China – Países de Língua Portuguesa –perspetivas 2016-2018

Dr. Miguel Frasquilho, Presidente da AICEP

Dr. José Lobato, Secretário Geral da Confederação Empresarial dos Países de Língua Portuguesa

  • 13H15 ALMOÇO LIVRE *
  • 14H30 – Financiamento e capitalização de empresas no espaço de língua portuguesa – recursos e instrumentos

Debate moderado por André Macedo, Diretor-adjunto de informação económica da RTP

Dr. Lingjiang Xu, Chief Representative of Fosun´s Lisbon and London Office

Dr. Pedro de Oliveira Cardoso, Chief Executive Officer, BNU

Dr. Pedro Reis, Chief Executive Officer, BCP Capital

Dr. Pedro Correia, Diretor de Negócio Internacional do Banco Santander Totta

  • 15H45 – Investimento em Infraestruturas – reduzir as distâncias, aproximar as economias e estimular o desenvolvimento sustentável

Debate moderado por Paulo Ferreira, jornalista

Engº António Martins da Costa, Membro do Conselho de Administração Executivo da EDP

Eng. João Faria Conceição, Administrador Executivo da REN

Engº José Luís Cacho, Presidentedo Porto de Sines

  • 17H00Sessão de Encerramento

Professor Doutor Manuel Meirinho Martins, Presidente do ISCSP

General Garcia Leandro, Presidente da Fundação Jorge Álvares

Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa

PORTO DE HONRA

*O ISCSP dispõe de uma cafetaria para o almoço

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES