9 March 2021
Portugal e Brasil irão investir cerca de 3, 2 milhões de euros num programa de financiamento de produção audiovisual na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Portugal e Brasil vão investir 3, 2 ME na produção audiovisual da CPLP

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, – que está no Brasil para participar em vários encontros de cooperação – assinou na quarta-feira um acordo de parceria para o investimento de 3, 2 milhões de euros, na “produção e difusão de conteúdos audiovisuais” entre os países-membros da CPLP.

Dos 3, 2 milhões de euros, Portugal investirá um milhão de euros e o Brasil a restante verba, a aplicar em três áreas distintas e envolvendo as televisões públicas de cada Estado-membro: produção e difusão televisiva de documentários (DOCTV CPLP), de obras de ficção (FICTV CPLP) e intercâmbio de documentários (NOSSA LÍNGUA).

De acordo com o gabinete do secretário de Estado da Cultura, este programa de apoio deverá começar em 2015 e os primeiros projetos concluídos deverão ser apresentados em meados de 2016.

O DOCTV CPLP prevê a coprodução de um documentário em cada um dos países da Comunidade, de cerca de meia hora, para posterior exibição na respetiva televisão pública, enquanto o FICTV CPLP incluirá a coprodução de um telefilme de ficção, a partir da adaptação de uma obra literária nacional.

O programa “NOSSA LÍNGUA” consistirá na criação de uma programação semanal com documentários “sobre as realidades nacionais de cada Estado-membro nas respetivas televisões”.

Jorge Barreto Xavier esteve na quarta-feira na cerimónia de entrega do Prémio Camões ao escritor brasileiro Alberto da Costa e Silva, no Rio de Janeiro.

Até sexta-feira, na agenda do secretário de Estado, estão previstas ainda visitas a espaços culturais no Rio de Janeiro para a criação do Centro Cultural de Portugal no Brasil e um encontro com a Fundação Luso-Brasileira, tendo em vista a representação portuguesa nas comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro.

SS/(AG) // MAG – Lusa/Fim

Dezenas de guineenses assistem a jogos de futebol e novelas num salão no bairro de Bandim, em Bissau, Guiné-Bissau, 9 de abril de 2014. TIAGO PETINGA/LUSA

 

Também poderá gostar

Sem comentários