5 March 2021

POESIA EM CONCERTO: TRÊS EPOPEIAS BRASILEIRAS

Há algum tempo cultivava a ideia de apresentar um recital reunindo três poemas épicos de largo fôlego da literatura brasileira. Seriam eles o Y Juca Pirama, de Gonçalves Dias, O Navio Negreiro, de Castro Alves, e O Caçador de Esmeraldas, de Olavo Bilac.

Além de constituírem o que há de melhor em nossa poesia épica, os poemas evocam três dos mais importantes aspectos da formação histórica e cultural do Brasil, ou seja, a forte presença do índio nativo, a conquista e o alargamento do território pelos Bandeirantes e, finalmente, a imensa e sofrida contribuição do negro africano escravizado. Da fusão étnica e cultural dessas três raças básicas nasce o Brasil.

Será seguramente um espetáculo inédito em seu formato e concepção. O projeto já está concluído e devo estrear em Portugal nos próximos dias, começando por Alcobaça, terra de meu amigo Rui Rasquilho, velho parceiro de outros carnavais, que convidei também para essa nova empreitada. Em dezembro, dia 6, será a estreia em Lisboa, no Teatro da Barraca.cartaz-1-1

Também poderá gostar

Sem comentários