A palavra “entroikado” lidera a lista de palavras do ano, tendo arrecadado, até hoje, 28% das escolhas dos cibernautas, disse à Lusa fonte da Porto Editora que organiza a iniciativa.

Segundo a lista facultada à Lusa, “entroikado” lidera, seguindo-se, com 15%, a palavra “desemprego” e, no terceiro lugar, ex-aequo, com 12%, estão “bosão” e “solidariedade”.

“Com as condições de austeridade impostas pela troika aos portugueses, muitos sentem-se ‘entroikados'”, disse à Lusa, no início de Dezembro, fonte da editora, quando foi divulgada, no início do mês, a lista das dez palavras a concurso.

A escolha da palavra “desemprego”, deveu-se ao facto de a respectiva taxa ter “atingido sucessivos recordes, sendo uma preocupação actual em Portugal e na Europa”, disse a mesma fonte.

O termo “bosão de Higgs”, conhecido vulgarmente por “partícula de Deus”, é considerado essencial à explicação do mundo e “é tido, pelos físicos, como fundamental para perceber vários mistérios do Universo”, tendo entrado “no vocabulário corrente”.

A “solidariedade”, disse a mesma fonte, justificando a escolha, “une todos os portugueses e destacou-se, em 2012, no contexto do Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações”.

A votação para a “palavra do ano” decorre “on-line”, desde 07 de Dezembro, em www.portoeditora.pt/palavradoano, e a vencedora será divulgada no dia 04 de Janeiro, numa cerimónia na Biblioteca José Saramago, em Loures. Ler o artigo completo

VOTE

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar