“Portugal é um membro fundador da CPLP e tem tradicionalmente uma significativa influência nos países de língua portuguesa”, afirmou Wang Chao, respondendo por escrito a perguntas da agência noticiosa portuguesa em Pequim.

“A China valoriza a sua cooperação com Portugal e os outros países de líingua portuguesa”, acrescentou.

O vice-MNE chinês considerou que o Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, criado há dez anos e conhecido como “Fórum Macau”, se tornou, entretanto, “uma grande plataforma de intercâmbio e cooperação”.

Nas respostas à agência Lusa, Wang Chao recordou o encontro do vice-primeiro-ministro português, Paulo Portas, com um dos vices-primeiros-ministros chineses, Wang Yang, realizado em novembro passado, durante a IV Conferência Ministerial do Fórum.

“As duas partes alcançaram um largo acordo sobre o aprofundamento do papel de Macau e do Fórum como uma ponte para promover a cooperaçao bilateral e multilateral”, referiu o vice-MNE chinês.

A entrevista com Wang Chao foi realizada a propósito da visita à China do Presidente português, Aníbal Cavaco Silva, que vai encontrar-se hoje à tarde (hora local) com o homólogo chinês, Xi Jinping.

É a primeira visita de um chefe de Estado português à China, iniciada na segunda-feira em Xangai e que termina no próximo fim de semana em Macau.

AC/JCS // DM. – Lusa/Fim


Fotos:

Accenture

LUSA: uma nota de 100 yuan ou Reminbi (RMB), China, 09 de fevereiro de 2011.

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar