As palavras parónimas têm significantes e significados diferentes, mas aproximam-se fónica e graficamente, dando lugar a algumas confusões.

São várias as palavras parónimas.

Acender

Ascender

Também são palavras parónimas, pois são parecidas, mas têm significados diferentes. Acender significa pôr fogo, enquanto ascender é sinónimo de subir ou elevar-se.

Adereço

Endereço

As palavras ‘adereço’ e ‘endereço’ são parecidas na sua pronúncia, mas escrevem-se de forma diferente e têm um significado diferente.

Assim, ‘adereço’ significa ‘adorno’ e ‘endereço’ é sinónimo de ‘direção ou indicações de morada’.

Vejamos as seguintes frases:

Ela gosta de utilizar adereços com todos os seus vestidos. / Ele enviou a encomenda para o novo endereço.

Apóstrofe

Apóstrofo

As palavras ‘apóstrofe’ e ‘apóstrofo’ são semelhantes ou parecidas quanto ao som e à grafia, mas têm sentidos diferentes.

De facto, a primeira, ‘apóstrofe’, significa uma interpelação feita a alguém ou um dito mordaz e injurioso. Veja o seguinte exemplo: Ela fez um discurso repleto de apóstrofes contra todos os presentes.

Relativamente à palavra ‘apóstrofo’, tem a ver com o sinal gráfico que indica, na escrita, a elisão de letras. Atente na frase que se segue: N’ Os Lusíadas o herói é o povo português.

Apreçar

Apressar

A palavra ‘apreçar’ é relativa a preço e utiliza-se em frases como, por exemplo, ela apreçou o vestido, mas não o comprou.

Quanto à palavra ‘apressar’, é relativa a pressa. Utiliza-se, por exemplo, em frases como a seguinte:

Ela teve de se apressar para chegar a horas.

Bocal

Bucal

A palavra ‘bocal’ refere-se a uma abertura, normalmente esférica, de um recipiente.

Quanto à palavra ‘bucal’, é relativa a boca.

Vejamos as seguintes frases em que se utilizam as respetivas palavras:

A garrafa tinha o bocal partido.

O problema do doente estava na cavidade bucal.

Cardeal

Cardial

Quanto à palavra ‘cardeal’, tem dois significados. Ou está relacionada com o cargo de alto dignatário da Igreja Romana ou significa um ponto de orientação geográfica. Veja os seguintes exemplos: O cardeal presidiu à celebração do Ano Novo. O N é um ponto cardeal.

A palavra ‘cardial’ é relativa à cárdia, orifício superior do estômago que comunica com o esófago. Atente no exemplo que se segue: O seu problema advém da obstrução do cardial.

Cegar

Segar

As palavras ‘cegar’ e ‘segar’ são homófonas, ou seja, leem-se da mesma maneira, mas escrevem-se de maneira diferente e têm significados distintos.

Efetivamente, a palavra ‘cegar’ significa perder a vista: A diabetes pode cegar.

Relativamente à palavra ‘segar’, quer dizer ceifar: São precisos vários homens para segarem o trigo.

Comprimento

Cumprimento

A palavra cumprimento é, muitas vezes, confundida com comprimento. Porém, a primeira significa o ato de cumprir, o cumprimento de uma promessa, ou, então, uma saudação.

Vejamos os seguintes casos:

O aperto de mão é um cumprimento.

O verbo cumprimentar designa a ação de saudar alguém, de dirigir um cumprimento.

A palavra comprimento aponta para uma relação de medida e significa tamanho ou extensão. Por exemplo:

A cama tem 2 metros de comprimento.

Descrição

Discrição

A primeira palavra diz respeito ao ato ou efeito de descrever e a segunda é sinónima de sobriedade, modéstia, comedimento, recato.

Observe as seguintes frases:

Ele fez uma descrição pormenorizada da paisagem.

É necessário agir com discrição.

Como se pode verificar, o sentido das palavras descrição e discrição é diferente. E a primeira escreve-se com ‘e’ e a segunda com ‘i’ na primeira sílaba.

Despensa

Dispensa

Estas duas palavras são muito parecidas quanto ao som e à grafia, mas têm significados diferentes.

A palavra ‘despensa’ significa arrecadação onde se guardam alimentos e outras coisas: A despensa desta casa é grande e fica ao lado da cozinha.

A palavra ‘dispensa’ significa desobrigação ou escusa: O patrão deu dispensa aos empregados na véspera de Natal.

As palavras «ilegível» e «elegível» são distintas, sendo que a primeira significa «indecifrável, que não se consegue ler», e a segunda que «pode ser eleito, eletivo».

Emigrante

Imigrante

O emigrante com ‘e’ no início da palavra diz àquele que saí da sua terra natal e o imigrante com ‘i’ no início da palavta é aquele que é recebido no país para o qual emigrou. Por isso dizemos:

Os emigrantes portugueses procuram melhores condições de vida fora de Portugal.

O nosso país recebeu muitos imigrantes dos países do Leste.

Emergente

Imergente

A primeira palavra é um adjetivo cujo significado é «que surge, que se manifesta», enquanto imergente com ‘i’ significa «que mergulha, que afunda».

Vamos ver esses exemplos contextualizados:

O Brasil é um país com uma economia emergente.

Aquele barco imergente estava abandonado.

Eminência

Iminência

Eminência provém do latim ‘eminentia’ e significa «qualidade do que é eminente, elevação, superioridade moral, título que se dá aos cardeais». Serve de exemplo a seguinte frase:

Sua eminência, o cardeal de Lisboa, esteve presente na cerimónia.

No entanto, iminência com ‘i’ provém do latim ‘imminentia’ e significa ‘qualidade do que iminente, do que está prestes a acontecer»:

Na iminência de uma derrocada, o prédio foi evacuado.

Encubar

Incubar

Embora o verbo ‘encubar’ seja parecido foneticamente com ‘incubar’, têm significados diferentes.

Efetivamente, a primeiro significa colocar numa vasilha, envasilhar e aparece em frases como, por exemplo, «o homem encubou o vinho»; o verbo ‘incubar’ tem como significado chocar ovos ou ser portador de um vírus em estado latente. Veja as seguintes frases: A galinha incuba uma dúzia de ovos por semana; penso que estás a incubar uma gripe.

Ilegível

Elegível

Eu digo, por exemplo que «a tua caligrafia é ilegível», sendo ilegível com ‘i’ e posso dizer que «aquele candidato é elegível», mas, neste caso. elegível com ‘e’.

Perfeito

Prefeito

Assim, a primeira, ‘perfeito’, com o prefixo ‘per-’, significa «completo, acabado, bem feito» – e aparece em frases como, por exemplo, «o retrato está perfeito». A palavra com o prefixo ‘pre-’ (‘prefeito’) é um nome que designa um cargo administrativo ou educacional. Surge em frases como «o prefeito nomeou um secretário».

Precedente

Procedente

As palavras ‘precedente’ e ‘procedente’ têm sentidos diferentes. A primeira significa que está imediatamente antes; antecedente. A segunda refere-se ao que procede ou deriva; proveniente; oriundo.

Vejamos as seguintes frases exemplificativas: Matemática I é precedente de Matemática II. Nesta situação a palavra precedente significa que é anterior.

Este material é procedente de Angola. Neste caso, a palavra ‘procedente’ quer dizer que é oriundo ou proveniente

Prerrogativa

Prorrogativa

As palavras ‘prerrogativa’ e ‘prorrogativa’ também se confundem.

A primeira significa privilégio; regalia ou direito. A segunda que qualifica o que serve para prorrogar, isto é, para prolongar um prazo.

Atentemos nas frases que se seguem:

O diretor de turma tem sempre a prerrogativa do voto de desempate. Quando não é possível proceder à votação, toma-se uma medida prorrogativa até que se reúnam todos os elementos do Conselho de Turma.

Como se pode verificar, a palavra ‘prerrogativa’ quer dizer privilégio e a palavra ‘prorrogativa’ significa adiamento.

Remuneração

Renumeração

A palavra remuneração, respeitante a pagamento, salário, ordenado, prémio ou compensação, pode confundir-se com renumeração, que significa tornar a numerar ou a escrever os números.

Vamos ver os seguintes exemplos:

Ele recebe uma grande remuneração todos os meses, isto é, um bom ordenado.

É preciso fazer uma renumeração destas páginas, ou seja, é necessário voltar a numerar as páginas.

Pousar

Posar

Pousar tem sua origem na palavra em latim pausare, tendo sofrido evolução de au para ou. Este verbo se refere ao ato de pôr alguma coisa que está suspensa numa superfície, ou seja, encontrar um pouso. Assim, nas diferentes situações, significa colocar, aterrar, assentar, apoiar. Também se usa o verbo pousar com significado de descansar, morar, pernoitar, se hospedar.

Posar tem sua origem na palavra francesa poser e se refere ao ato de fazer pose, ou seja, servir de modelo para uma fotografia, escultura, pintura, … Também se usa o verbo posar com significado de assumir uma atitude e caráter diferentes para impressionar alguém.

Lúcia Vaz Pedro
close
Subscreva as nossas informações
Partilhar