6 March 2021
Amazon quis os dicionários da Priberam nos seus Kindle. É esta a empresa que criou o dicionário que trocou o 'amor' pela 'nostalgia'.

Os dicionários da Priberam

Numa conjuntura de crise, foi-se o “amor”, ficou a “nostalgia”. Aquela que era a palavra mais pesquisada do dicionário online da Priberam passou para segundo lugar em 2011, sendo “nostalgia” o termo mais procurado. Uma eventual descrença no “romantismo” dos utilizadores do dicionário, não afetou a empresa, uma vez que a Priberam não para de crescer. Depois de vingar em Portugal, a empresa quer afirmar-se no Brasil e entrar em Espanha.

O CEO da Priberam, Carlos Amaral, explica que “o dicionário online – que é o mais pesquisado da Internet – é como que uma montra tecnológica para a empresa”. Isto porque o dicionário da Priberam na Internet é a face mais visível da empresa, mas a grande atividade passa pela “venda de produtos, como software de correção de texto e auxílio de escrita”.

A crise foi para a Priberam “um estímulo para fomentar ainda mais a internacionalização. E é aí que entra o mercado brasileiro. A maior parte dos acessos feitos ao dicionário online tem origem no Brasil, só depois vem Portugal e os Estados Unidos fecham o pódio. Estes dados mostram como os brasileiros olham para a Priberam, o que já levou diversas empresas brasileiras a recorrerem aos serviços da empresa portuguesa. Em 2010, as exportações já representavam 20% das vendas.

“Quando se pesquisa a palavra ‘dicionário’ em português, no Google, o primeiro resultado que aparece é a Priberam”, lembra Carlos Amaral. No entanto, não é por aí que se fica a expressão internacional da Priberam, que foi escolhida pela Amazon para conceber o dicionário de português do seu leitor de livros digitais. “Desde setembro de 2011 que o dicionário do Kindle da Amazon é da responsabilidade da Priberam”, explica o CEO da empresa. E acrescenta: “Também desde o Office do Windows XP que os produtos da Microsft, incluindo o Word, têm ferramentas nossas.”

Mas a Priberam é muito mais do que isso: “Concebe e desenvolve tecnologias de processamento de linguagem natural, ferramentas de informação jurídica, tecnologias avançadas de pesquisa e sistemas de informação para a saúde.”

Um dos principais produtos criados pela Priberam é o FLiP (software que inclui ferramentas de revisão e auxílio à escrita), bastante solicitado numa altura em que a ortografia se encontra em mudança.

 

Ler o artigo completo (DN)

Também poderá gostar

Sem comentários