.
Carlos Drummond de Andrade 
Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira (MG), em 1902, e morreu no Rio de Janeiro, em 1987. Poeta, cronista e contista, é um dos nomes mais representativos da literatura brasileira no século XX, tendo sido traduzido na França, Espanha, Alemanha, Holanda, Bulgária e Cuba.

Entre seus livros de poemas, destacam-se “Sentimento do mundo”, “A rosa do povo”, “Viola de bolso”, “As impurezas do branco” e “Discurso de primavera e algumas sombras”. Na prosa, publicou “Fala, amendoeira”, “Cadeira de balanço”, “Caminhos de João Brandão”, “Moça deitada na grama”, “Contos de aprendiz” e “Contos plausíveis”.

Como parte dos eventos comemorativos dos 120 anos de nascimento do autor, sua obra foi relançada pelo Grupo Editorial Record, com o texto fixado pelo escritor e professor Edmílson Caminha.

Edmílson Caminha 
Escritor, jornalista, professor de literatura brasileira e de língua portuguesa, Edmílson Caminha nasceu em Fortaleza. Dirigiu, em Teresina, a Rádio Educativa e o Departamento de Jornalismo da TV Educativa do Estado do Piauí. É consultor legislativo aposentado da Câmara dos Deputados, de cujo Conselho Editorial foi presidente.

Obras publicadas: “Palavra de escritor”; “Inventário de crônicas”; “Villaça, um noviço na solidão do mosteiro”; “Lutar com palavras”; “Drummond, a lição do poeta”; “Pedro Nava: em busca do tempo vivido”; “Brasil e Cuba: modos de ver, maneiras de sentir”; “O monge do Hotel Bela Vista”; “Rachel de Queiroz, a senhora do Não Me Deixes”; “Em louvor a Drummond”; “Cadeira 24: dos rios do Pará aos verdes mares do Ceará”; “Com a mala na cabeça”; “No PEN Clube do Brasil, a casa de Villaça”; “O professor, Beethoven e o ladrão”; “O poeta Carlos & outros Drummonds”; “A solidão no Programa do Jô” e “O romancista que não matou Brizola”.

É membro da Academia Brasiliense de Letras, do Conselho Editorial Drummond da Editora Record e do Observatório da Língua Portuguesa (Lisboa, Portugal), além de sócio da Associação Nacional de Escritores (ANE) e da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

Fonte: Câmara dos Deputados
The following two tabs change content below.
Avatar photo

Edmílson Caminha

Professor, jornalista e escritor brasileiro, Edmílson Caminha é membro da Academia Brasiliense de Letras, do Pen Clube do Brasil, da Associação Brasileira de Imprensa e do conselho consultivo do Observatório da Língua Portuguesa. Publicou, entre outras obras, Lutar com palavras; Drummond, a lição do poeta; O professor, Beethoven e o ladrão e A solidão no Programa do Jô.
Avatar photo

últimos artigos de Edmílson Caminha (ver todos)

Partilhar