5 March 2021
A Ongoing assinou um acordo com o governo da província de Fugian, na costa leste da China, que visa a criação de um Centro de Investigação e Desenvolvimento com o objectivo de promover as relações com os países de língua portuguesa.

Ongoing vai criar Centro de Investigação na China

“É a primeira vez que o governo de Fujian assina um acordo deste tipo com uma empresa privada estrangeira”, disse hoje à agência Lusa Fernando Maia Cerqueira, responsável da Ongoing para as operações na China. “Além de localizar soluções tecnológicas adaptadas ao mercado chinês, na área do software para a saúde ou do e-learning, por exemplo, queremos articular negócios e projectos de investimento com os países de língua portuguesa, o que também interessa à China”, indicou Maia Cerqueira.

O acordo, que prevê ainda a criação de um centro cultural sino-português, foi assinado pelo presidente da Ongoing, Nuno Vasconcellos, e o director do departamento de Comércio Externo e Cooperação Económica de Fujian, Li Changcong, durante a 15ª edição da China International Fair foi Investiment and Trade, em Xiamen. Considerado um dos mais importantes certames do género realizados na China, a feira de Xiamen, de 7 a 11 de Setembro, reúne este ano cerca de 600 delegações estrangeiras.

Situada frente à ilha de Taiwan, a província de Fujian – com uma área pouco maior que Portugal e mais de 36 milhões de habitantes – é um dos berços da diáspora chinesa espalhada pelo mundo, nomeadamente em Macau.

Diário Digital / Lusa

 

 

FONTE: Dinheiro Digital

Também poderá gostar

Sem comentários