A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, afirmou hoje em Lisboa que a obra do escritor Mia Couto permite “descobrir África”, viajar pelo interior de Moçambique, viver o “burburinho de Maputo” e emocionar-se com “histórias singulares, mas universais”.

A presidente brasileira disse que o prémio Camões, hoje entregue a Mia Couto no Palácio de Queluz, “servirá para aprofundar o conhecimento da obra” do autor moçambicano no Brasil.

Dilma e o Presidente português, Cavaco Silva, entregaram o prémio ao escritor moçambicano.

“Mia Couto, moçambicano, filho de pais portugueses. Ele mesmo vive neste entrecruzamento de culturas”, disse, acrescentando que é desta encruzilhada, na diversidade destas diferentes culturas, que surge encontro de todos os país lusófonos.

Dilma lembrou também o facto de a maioria dos brasileiros serem afrodescendentes, e por isso próximos do imaginário da obra de Mia Couto.

No seu discurso, a Presidente brasileira destacou o papel da língua portuguesa como fator determinante para a cooperação entre os povos lusófonos.

“A obra de Camões, sobretudo ‘Os Lusíadas’, fala de perto ao Brasil”, disse, sublinhando que a história brasileira está ligada profundamente aos Descobrimentos.

Por outro lado, o Prémio Camões, para Dilma Rousseff, deve estimular cada vez mais o apoio dos autores lusófonos.

Estiveram presentes no evento o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, Assunção Esteves, vários ministros portugueses e brasileiros, entre outras personalidades políticas e da sociedade portuguesa.

Na sua segunda visita oficial a Portugal, que coincide com o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a Presidente brasileira participará num jantar oferecido pelo seu homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, também no Palácio de Queluz.

Dilma Rousseff, que veio acompanhada nesta visita por sete ministros, regressa ao Brasil ainda esta noite.

Dilma Rousseff encontrou-se hoje com Mário Soares num hotel de Lisboa e reuniu-se também com o Presidente Aníbal Cavaco Silva, em Belém, e com Pedro Passos Coelho, na residência oficial do primeiro-ministro português.

A Presidente brasileira chegou no domingo a Portugal e foi recebida pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, no aeroporto de Figo Maduro, tendo mantido ainda um encontro com o secretário-geral do PS, António José Seguro, num hotel de Lisboa.

CSR // PJA – Lusa/fim

Vídeo gentilmente cedido por LUSA

 

Foto: A Presidente do Brasil,  Dilma Rousseff (E) acompanhada pelo Presidente de Portugal, Cavaco Silva (C) felicita o escritor moçambicano Mia Couto após a entrega do Prémio Camões. Palácio de Queluz, Portugal, 10 de junho de 2013. MARIO CRUZ/LUSA