O Presidente da Mesa da Assembleia Geral do OLP-Observatório da Língua Portuguesa, Guilherme d´Oliveira Martins foi ontem condecorado pelo chefe de Estado, com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

A Grã-Cruz é o grau mais elevado da Ordem Militar de Cristo, que se destina “a distinguir destacados serviços prestados ao País no exercício das funções de soberania”

Guilherme d’ Oliveira Martins deixou a 01 de novembro a presidência do Tribunal de Contas, para assumir o cargo de administrador executivo da Fundação Calouste Gulbenkian.

Nascido em Lisboa em 1952, Guilherme d’ Oliveira Martins licenciou-se em Direito e foi assistente na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, entre 1977 e 1985.

Durante o Governo de António Guterres ocupou os cargos de secretário de Estado da Administração Educativa – ao lado do então ministro Marçal Grilo -, Ministro da Educação, das Finanças e da Presidência.

Guilherme d´Oliveira Martins foi depois deputado e vice-presidente da direção da bancada socialista na Assembleia da República, cargo que abandonou em 2005 para assumir funções na presidência do Tribunal de Contas, órgão fiscalizador das contas do Estado.

O professor catedrático foi agraciado em 1996 com a Medalha de Grande-Oficial Ordem do Infante D. Henrique.

VAM // ZO – Lusa/Fim
O Presidente da República agraciou com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, o ex-Presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d’Oliveira Martins, 11 de novembro de 2015 no palácio de Belém em Lisboa. TIAGO PETINGA/LUSA

O Presidente da República agraciou com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, o ex-Presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d’Oliveira Martins, 11 de novembro de 2015 no palácio de Belém em Lisboa. TIAGO PETINGA/LUSA

 

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar