24 February 2021
O geógrafo e investigador da Universidade de Évora, Miguel Bastos Araújo, discursa durante a cerimónia onde recebeu do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (ausente na foto) o Prémio Pessoa 2018, em Lisboa, 20 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM / LUSA

O geógrafo Miguel Bastos Araújo é o vencedor do Prémio Pessoa

Miguel Bastos Araújo “é hoje internacionalmente reconhecido como uma das personalidades científicas mais criativas e influentes em biogeografia, macroecologia e modelação ecológica”, disse, na cerimónia, Francisco Pinto Balsemão, sobre o investigador do Museu Nacional de Ciências Naturais, de Madrid, e também docente na Universidade de Copenhaga.

A escolha do júri do Prémio Pessoa visou dar “um sinal claro” na área das alterações climáticas, “para alimentar a esperança num futuro sustentável”.

Miguel Bastos Araújo, nascido em 1969, licenciou-se em Geografia, na Universidade Nova de Lisboa, em 1994, obteve o mestrado em Conservação na University College London, em 1996, tendo-se doutorado em Geografia na mesma universidade, em 2000. Saiba mais (DN)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa durante a cerimónia de entrega do Prémio Pessoa 2018, ao geógrafo e investigador da Universidade de Évora, Miguel Bastos Araújo (ausente na foto), em Lisboa, 20 de maio de 2019. ANTÓNIO COTRIM / LUSA

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES