1 March 2021

O emprego de algumas preposições pode levantar dúvidas.

A PREPOSIÇÃO

O emprego de algumas preposições pode levantar dúvidas. Assim, atente nas seguintes regras para as utilizar convenientemente.

A preposição de não se contrai com o pronome nem com o artigo, quando é seguida de um infinitivo:

  • Gosto de o ler.
  • Tenho pena de o livro estar estragado

Quando um topónimo não é precedido de artigo, usa-se apenas a preposição para indicar o complemento preposicional:

  • Lugar onde  Estamos em Coimbra.
  • Lugar aonde  Vamos a Coimbra.
  • Lugar donde  Vimos de Coimbra.

Os adjetivos podem reger uma ou mais preposições:

abstraído de/eminerente a
admissível a/eminconciliável com
alheio aincontinente em
anexo aindispensável a/em/para
ansioso por/deindigno de
apto a/parainexperiente de/em
atinente ainvestido de/em
ávido denecessário a/em/para
baseado em/sobrepassível de
condescendente com/para composterior a
conivente com/emprecavido contra/para
contemporâneo a/depredisposto a/para
divergente de/entrepreventivo contra/de
doutorado em/porsusceptível a/de
entendido em/porunânime em
extrínseco a

Pedro, Lúcia Vaz, Manual do Bom Português Atual, Calendário de Letras, 2016

Leia também:

Também poderá gostar

Sem comentários