O colóquio “Português, Língua Global” constituiu mais um momento de reflexão sobre a Língua Portuguesa no mundo e no universo cibernético.

Os temas das considerações que ali foram tecidas centraram-se na investigação que tem vindo a ser feita na área das tecnologias e plataformas ligadas aos mecanismos de tradução automática e síntese de fala, assim como do potencial económico que as línguas evidenciam e, em concreto, as potencialidades do português.

A Presidente do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, destacou a importância da afirmação do português como língua de ciência, tendo referido que este tema se constitui como uma das prioridades da ação do Instituto, sendo de fomentar e apoiar todas as iniciativas e projetos nesta área.

No debate sobre a projeção do português no mundo no ciberespaço discutiu-se bastante a questão da importância de efetivas políticas de língua que materializem os objetivos em pauta.

O público desta jornada foi constituído, maioritariamente, por alunos dos Mestrados de Português Língua Não Materna e de Estudos Interculturais Português/Chinês, para além de um vasto conjunto de interessados participantes que não eram alunos da Universidade.

VER:

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar