Foto: Mural de Mario Miranda no mercado (Frank Grießhamme/Flickr) Panaji Market

Miranda nasceu em Goa em 1926, quando o país estava ainda sob domínio português

O cartoonista luso-indiano Mário Miranda é hoje (dia 2 de maio de 2015) homenageado pelo Google, que lhe dedica um ‘Doodle’ na página inicial do motor de busca, no dia em que o artista faria 90 anos.Doodle da Google

Nascido a 2 de maio de 1926 em Loutolin, Goa, quando a Índia estava ainda sob domínio português, Mário Miranda era filho de pais católicos e começou cedo a desenhar nas paredes de casa: a mãe ofereceu-lhe um caderno em branco para que desse asas à imaginação.

Começou a carreira na área de publicidade, mas acabou por se destacar como cartoonista quando a revista The Illustrated Weekly of India publicou alguns dos seus trabalhos. As personagens que criou, nomeadamente Miss Nimbupani e Miss Fonseca, passaram a ser presença habitual em algumas das publicações mais conhecidas da Índia. Foi-lhe ainda atribuída uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian, que lhe permitiu viajar e viver em Portugal durante um ano. Mudou-se depois para Londres, onde permaneceu cinco anos. Regressou a Mumbai (antiga Bombaim), na Índia, onde trabalhou para o The Times of India e viria a casar com a artista Habiba Hydari. Teve dois filhos.

Foi em 1974, o ano da revolução portuguesa, que se tornou conhecido internacionalmente: a convite dos EUA, viajou para o país para promover as suas ilustrações, chegando a trabalhar com Charles M. Schulz, o criador das tiras de Peanuts. Ler o artigo completo (DN)Foto de Gayatri Krishnamoorthy:Flickr

Gayatri Krishnamoorthy/Flickr
close
Subscreva as nossas informações
Partilhar