“O Brasil é um dos países homenageados no festival e os filmes, todos estreados depois de janeiro de 2014, serão exibidos em salas comerciais”, realçou hoje à agência Lusa um diplomata brasileiro.

É a primeira mostra de cinema brasileiro programada pelo Festival Internacional de Cinema de Pequim, com o apoio da Embaixada do Brasil na China e da empresa Linhas Produções Culturais.

A associação Brapeq (Brasileiros em Pequim) promove anualmente um festival de cinema na capital chinesa e em Xangai, mas fora do circuito comercial.

Este ano, também pela primeira vez, o júri do Festival Internacional de Cinema de Pequim incluirá um dos mais conhecidos realizadores brasileiros, Fernando Meireles, autor do filme “Cidade de Deus” (2002), que será exibido numa sessão especial do certame.

Fernando Meireles, 60 anos, realizou também “Blindness” (2008), filme inspirado no romance de José Saramago “Ensaio sobre a Cegueira”, um dos títulos no Nobel português traduzidos em chinês.

O festival contará igualmente com a presença de Fernando Coimbra, realizador de “O Lobo Atrás da Porta”, um dos oito filmes brasileiros do programa, estreado em junho passado no Brasil.

Um dos outros filmes brasileiros do cartaz, uma produção com titulo em inglês (“Love Film Festival”), foi parcialmente rodado em Portugal.

Trata-se de uma história romântica, centrada na relação entre “uma argumentista brasileira e um ator colombiano que vivem um amor ao longo de seis anos em festivais de cinema em redor do mundo”, diz a publicidade.

O filme, ainda inédito no Brasil, foi realizado por Vinicius Coimbra, Juancho Cardona e Manuela Dias.

AC // PJA – Lusa/Fim

Fotos LUSA

Partilhar